Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
GASTOS

Amazonenses fazem as compras mais caras da internet no Brasil, aponta pesquisa

Ticket médio do amazonense é de R$ 764,97, valor R$ 435 mais alto que a média nacional. Estados da região Norte fazem poucas compras online, porém quantia gasta é grande, segundo estudo da Rakuten



874_722D52E6-E277-4275-99A8-B413A1C9FB73.jpg
Foto: Reprodução
27/03/2019 às 21:06

Uma pesquisa feita pela empresa Rakuten traçou o perfil do consumidor online brasileiro no ano de 2018. O Amazonas possui um ticket médio – valor médio gasto em uma compra - de R$ 764.97, bem superior a média nacional de R$ 329.30. Ou seja, o consumidor amazonense gasta em média R$ 435 a mais que o restante dos brasileiros.

São Paulo é o estado que menos gasta com compras na internet, com uma média de R$ 330.05. No entanto, as compras feitas pelos paulistas correspondem a 38.9% do total de negócios feitos pela internet no Brasil. O Amazonas, embora com o ticket médio alto, vê suas compras equivalerem a 1,7% do total.   

A pesquisa demonstrou que o homem amazonense compra mais online do que as mulheres - 51,8% contra 48,2%. A maioria das transações no Amazonas é feita pelo computador (80,5%).

Em nível nacional, os roraimenses (RR) estão em segundo lugar, com um gasto médio de R$ 680.09 em compras na internet, seguidos pelos rondonienses (RO), com um ticket médio de R$ 627,22. A região Norte apresenta o maior ticket médio brasileiro, R$ 588 (78% maior que o ticket médio nacional, de R$329). Mas é uma das que menos adquire produtos online, com média de compras de 0,7%.

Demais cenários

Dados de 1.400 lojas, hospedados na plataforma da multinacional Rakuten, especialista em soluções para e-commerce, foram utilizados para mapear os gastos e preferência das pessoas. A pesquisa também explora variáveis como idade, gênero e preferência por compras.

A nível nacional, conforme a pesquisa da Rakuten, as mulheres brasileiras com idade entre 30 e 39 anos são as que mais compram na internet (39,1%). Quando o assunto é forma de pagamento, 73% dos brasileiros preferem utilizar o cartão de crédito.

Brinquedos e produtos para bebês representam 62.9% do interesse de pessoas na faixa dos 30 anos. O público brasileiro acima dos 40 anos prefere adquirir artigos de papelaria e material escolar (48.6%) pela internet. Segundo a pesquisa, os jovens de 20 a 29 anos (34%) compram jóias e presentes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.