Domingo, 19 de Maio de 2019
em vitória

Amazonense que espancou faxineira admite uso de drogas e se diz arrependido

Bertrand Franceschi afirmou que não lembra do acontecido e que não tinha nenhuma rixa com a funcionária; ela diz que foi chamada de ladra pelo amazonense



30/12/2016 às 18:51

Preso por espancar uma faxineira no prédio onde mora, em Vitória (ES), o amazonense Bertrand Aron Vibert Franceschi, de 31 anos, afirmou que havia consumido cocaína antes de agredir  Creonice Coutinho dos Santos, de 43 anos, conforme declarações ao site Gazeta Online, do Espírito Santo.

Segundo o site, Bertrand se declarou arrependido da agressão, mas afirmou não lembrar de nada. " "Não lembro de nada, mas claro que me arrependo. Eu não tinha rixa e nem problemas com ela. O que eu tiver que resolver agora, vou resolver com o juiz", disse ele.

Conforme a Gazeta, Bertrand relatou ao delegado que saiu na quinta-feira e usou álcool e drogas. Após a festa, ele declarou que não lembra mais de nada e só voltou a si já ferido e sendo acusado de agredir a faxineira.

Liberada do hospital ainda na manhã de hoje, a faxineira Creonice Coutinho disse que foi acusada de ladra pelo amazonense.  "Ele me chamou de ladra e disse que eu tinha roubado o carro", afirmou ela, segundo a Gazeta.  Na saída da delegacia, onde foi prestar depoimento, ela afirmou ainda que espera a " justiça divina mais que a justiça dos homens".

Após o caso ter se tornado público, Bertrand teve as suas contas das redes sociais deletadas. Ele vinha sendo alvo de muitas críticas e ofensas por conta do crime cometido contra a faxineira.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.