Sábado, 17 de Agosto de 2019
ELEIÇÕES 2018

Amazonino e Wilson gastaram juntos R$ 4,6 milhões na campanha eleitoral de 2018

O atual governador e candidato à reeleição é responsável por 93% do valor. O maior gasto de Amazonino foi de despesa com pessoal



amazonino-wilson_7F01ADD9-2280-4FD9-A1F1-E877D25BFD15.JPG Foto: Arquivo/AC
27/10/2018 às 01:49

Os candidatos ao governo do Amazonas Amazonino Mendes (PDT) e Wilson Lima (PSC) gastaram juntos com despesas nas eleições gerais deste ano R$ 4,6 milhões, sendo Mendes responsável por R$ 4,3 milhões. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O maior gasto do candidato Amazonino Mendes foi de “despesa com pessoal”, contabilizando R$ 1,03 milhão, o que equivale a 23,63% dos gastos, de acordo com a ferramenta Divulgacand, do TSE. Na sequência, com gastos de R$ 600 mil está a “produção de programas de rádio, televisão ou vídeo”, o que corresponde a 13,76%.

Já o candidato Wilson Lima teve 36,89% da concentração das despesas com a “produção de programas de rádio, televisão ou vídeo”, o que soma R$ 106,5 milhões. O segundo maior gasto do candidato ficou por conta da “publicidade por materiais impressos” com R$ 98,6 mil, sendo 34,17%.

Doações

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), as doações aos candidatos podem ser realizadas até o dia da eleição. “Caso não usem todo o recurso arrecadado o candidato deve recolher ao partido as sobras do fundo partidário, dos recursos próprios e de pessoas físicas ao partido. Já as sobras do fundo de campanha devem ser recolhidas ao Tesouro”, informou o órgão.

O candidato também pode arrecadar e pagar as dívidas contraídas até a entrega da prestação de contas.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.