Publicidade
Manaus
Manaus

Ambulância trazendo dois pacientes capota na AM-010

Segundo a Semsa, por volta de 12h, a ambulância, que vinha de Itacoatiara (AM) para Manaus, capotou próximo ao Km 52 da estrada 11/12/2014 às 17:20
Show 1
Três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram enviadas para socorrer as vítimas do acidente
Lucas Jardim* Manaus (AM)

Uma ambulância do município de Itacoatiara, município localizado a 176Km de Manaus, capotou no início da tarde desta quinta-feira (11), enquanto trazia um paciente para ser tratado na capital amazonense.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), por volta de 12h, a ambulância capotou na AM-010, estrada que conecta as duas cidades, próximo ao Km 52. Ela transportava dois pacientes, Sebastião Alves de Lima e Santelmo Pereira da Silva.

Três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram enviadas para socorrer as vítimas do acidente. Os socorristas fizeram os primeiros atendimentos no local e transportaram os acidentados em segurança.  

Um dos veículos, uma Unidade de Suporte Avançado (USA), veículo que conta com uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) levou Francisca Maria Pena da Silva, a técnica de enfermagem da ambulância, para o Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado. Segundo a Secrataria de Estado de Saúde (Susam), ela sofreu fraturas nos membros inferiores e passará por procedimento cirúrgico ainda esta noite.

Outro veículo, uma Unidade de Suporte Básico (USB), levou o motorista da ambulância, Jandeilson Castro, 27, para o Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto. De acordo com o hospital, ele sofreu ferimentos no braço direito, mas já foi atendido e obteve alta. A terceira ambulância do Samu retornou a Manaus sem paciente. 

Duas ambulâncias de Rio Preto da Eva, município que fica próximo ao local do acidente, foram até o local e removeram Sebastião e Santelmo, os pacientes que eram originalmente transportados para Manaus, e os levaram para o hospital da localidade. No entanto, eles foram posteriormente foram levados para o Dr. João Lúcio, na capital. Segundo a Susam, eles permanecem internados, mas passam bem.

*com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade