Publicidade
Manaus
ACIDENTE AÉREO

Amigos de empresário catarinense morto em acidente aéreo lamentam perda

Osni dos Santos, 51, era natural de Gaspar, cidade do interior de Santa Cantarina, e proprietário da empresa Paxá Confecções. Ele deixa um filho e uma filha menores de idade 22/02/2018 às 22:00 - Atualizado em 22/02/2018 às 22:33
Show osni
Foto: Arquivo Jornal Metas
Vitor Gavirati Manaus (AM)

O empresário Osni dos Santos, 51, uma das vítimas do acidente aéreo que aconteceu em Manaus na manhã desta quinta-feira (22), é natural de Gaspar-SC e deixa uma filha de 14 anos e um filho de 10. A morte de Osni, proprietário da empresa Paxá Confecções, repercutiu no município catarinense que tem pouco mais de 66 mil habitantes e fica a 120 km de Florianópolis.

De acordo com o jornal Correio do Vale, de Gaspar, Paxá, como era conhecido o empresário, já esteve envolvido na administração do Centro de Tradições Gaúchas Coração do Vale, associação responsável por organizar Rodeios Crioulos Interestaduais e Empresariais na cidade.

“Uma triste notícia pegou a comunidade gasparense de surpresa. Num primeiro momento, ninguém acreditou. Todos pensaram tratar-se de uma infeliz coincidência de nomes. Mais tarde, veio a confirmação: Gaspar acabava de perder um grande empresário e líder comunitário”, diz o primeiro parágrafo da notícia sobre a morte de Osni no jornal Cruzeiro do Vale.

“É com profunda tristeza em nossos corações que colocamos essa nota em forma oficial, que por grande fatalidade perdemos um amigo, um parceiro de laço, parceiro de rodeio e de tantas coisas boas vivenciadas. Paxá pessoa guerreira, humilde e que deixará saudades e muitas lembranças boas”, diz trecho de uma nota oficial publicada no Facebook pelo Centro de Tradições.

Lideranças e autoridades do município de Gaspar também lamentaram a morte do empresário. “Ainda muito jovem Osni já estava envolvido em diretorias e ações comunitárias. Era uma pessoa muito comprometida. Mais tarde, se tornou um empresário de sucesso, mas não abandonou o lado comunitário. Era uma pessoa muito dinâmica", declarou o presidente da Associação Comercial de Gaspar, Nelson Kustner, ao Cruzeiro do Vale.

“Lamento muito esta perda. Osni era uma liderança comunitária e empresarial muito forte. Tinha uma empresa que gerava centenas de empregos. Gaspar perde um grande líder”, declarou o prefeito da cidade, Kleber Wan-dall.

De acordo com o Jornal Metas, também de Gaspar, a família de Osni já está se dirigindo a Manaus para reconhecimento e liberação do corpo.

A imprensa do município também afirma que o avião monomotor Embraer EMB-720 de prefixo PT-VKR, que caiu com o empresário e outras quatro pessoas na Zona Centro-Oeste de Manaus, havia partido da cidade com destino a cidade de Borba (a 151 quilômetros da capital em linha reta).

Outras vítimas

Das cinco pessoas que estavam na aeronave, apenas uma está viva. Fábio Matias da Cunha, 47, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio, na Zona Leste de Manaus. Ele passou por uma cirurgia nesta tarde e seu estado de saúde é considerado grave, porém estável, segundo a direção do João Lúcio.

Valdir Ademir Sestrem, 58 anos, chegou a ser socorrido com vida e foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio, mas morreu após uma cirurgia. O corpo de Valdir segue no IML de Manaus à espera da identificação por parte de familiares.

Assim como Osni, o piloto do monomotor, Robison Rodrigues Castilho, 40, e o copiloto, José Hernandes de Lima Rogério, 38, morreram no momento do acidente. José, que é cearense e morava em Manaus há aproximadamente 20 anos, foi o primeiro a ter o corpo reconhecido por familiares no Instituto Médico Legal (IML) de Manaus, na tarde de hoje. Ele será velado na Igreja Tabernáculo da Fé, bairro Chapada, na Zona Centro-Sul da capital.

A esposa de Robison compareceu ao IML por volta de 19h para o reconhecimento do corpo. Informações sobre o velório do piloto, que morava em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros de Manaus em linha reta) ainda não foram divulgadas.

Publicidade
Publicidade