Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Manaus

Anexo em obras no Hospital Adventista desaba na manhã desta quarta-feira (16), no DI

Incidente ocorreu no início da manhã desta quarta-feira, ao lado o prédio que abriga a ala de pediatria do hospital particular. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há registro de feridos graves ou de alguém nos escombros



1.jpg Desabamento em obra do Hospital Adventista chegou a atingir o prédio verde da ala de pediatria
16/09/2015 às 11:38

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS

Uma parte que serviria como anexo do Hospital Adventista de Manaus, localizado no Distrito Industrial, passava por obras quando desabou, por volta de 6h35 desta quarta-feira (16). A proximidade do incidente com o prédio que abriga a ala de pediatria do local preocupou pacientes e o Corpo de Bombeiros foi acionado para fiscalizar a área, com o auxílio de cães-farejadores.



De acordo com o Corpo de Bombeiros, não há registro de feridos graves nem de nenhuma vítima perdida nos escombros, mas ainda não é possível indicar a causa do desmoronamento. O prédio que desmoronou abrigaria o novo setor administrativo do complexo hospitalar e estava sendo construído pela Antonelli Construções.

Dos 48 trabalhadores civis que atuam na obra, apenas três estavam no local no momento do desmoronamento. Felizmente, nada grave foi registrado: apenas um deles que apresentou ferimentos leves e foi atendido no próprio hospital. Os demais trabalhadores foram dispensados pelo dia e mandados para casa.


Foto: Antônio Menezes

Uma testemunha relatou - e a assessoria jurídica do hospital confirmou depois, em coletiva à imprensa - que, quando o desabamento atingiu o prédio da ala de pediatria, um garoto de 8 anos que estava dentro do local foi atingidido por estilhaços de tijolos, apresentando ferimento leve na esta. A criança foi socorrida pelo hospital e passa bem.

O secretário da Defesa Civil do Amazonas confirmou que não há vítimas, apenas danos materiais aos prédios. A direção do hospital informou, por meio de nota enviada à imprensa, que já solicitou a presença de uma equipe de engenharia da Prefeitura Municipal e também da Polícia Civil "para elaboração de pareceres técnicos acerca do ocorrido".


Foto: Divulgação/Bombeiros

Ainda no comunicado, o Hospital Adventista de Manaus informou que "adotou todas as medidas emergenciais inerentes à situação. Os procedimentos médicos e as internações não foram afetadas. O hospital está adotando todas as providências necessárias que o caso requer e todas as informações técnicas estão sendo levantadas para esclarecer o acidente", conclui.

Imagens gravam correria

De acordo com o tenente Janderson, uma comissão foi montada no hospital para avaliar a situação. "Fizemos uma verificação nas câmeras de segurança e constatamos que, perto do horário da ocorrência, havia cinco pessoas transitando pela estrutura. Já identificamos todas elas. Uma era Mateus Barbosa dos Santos, de 38 anos, o último a sair. A frente deles existiam mais quatro pessoas que, quando ouviram um ruído, saíram correndo. Todas já foram identificadas e se encontram bem", informou o tenente.


Foto: Divulgação/Bombeiros

As outras pessoas identificadas nas imagens foram Talyta da Silva Melo, de 28 anos, funcionária do hospital; Cleison Dinelly de Castro, de 20, também funcionário do local. Uuma mulher identificada apenas como "Márcia", de 32 anos; e um senhor chamado "Cosmo", de 50. 

"Neste momento estamos finalizando as buscas com os cães. Além da equipe do Bresc (Busca, Resgate e Salvamento com Cães), estivemos no local com uma equipe especializada em Busca e Resgate em Estrutura Colapsada. Ao todo, estivemos presentes no local com 25 bombeiros. A área foi isolada e será feita a verificação do local por parte dos engenheiros do CREA", acrescentou o tenente Janderson.

*Com informações da repórter Silane Souza


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.