Publicidade
Manaus
2º TURNO

Ao votar em Manaus, Amazonino diz que momento é de se ‘curvar para decisão do povo’

O candidato à reeleição ao Governo do Amazonas pelo PDT disse que “lutou a boa luta e combateu o bom combate com dignidade e decência” 28/10/2018 às 10:25 - Atualizado em 28/10/2018 às 14:29
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Contrariando a tradicional pontualidade em dias de eleição, o candidato à reeleição ao Governo do Estado, Amazonino Mendes (PDT), votou na sede da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), no Aleixo, na Zona Centro-Sul, por volta das 10h de hoje, quase uma hora depois do horário marcado, às 9h.

Esbanjando otimismo e sorridente, e aproveitando para fazer fotografias com apoiadores, o líder político de 78 anos estava vestindo uma camisa pólo cor de salmão e calça jeans. Ele votou cercado de correligionários e apoiadores, diferente da calmaria que reinava na Sefaz antes da chegada dele.

Ao falar com a imprensa, Amazonino dsse que havia feito sua obrigação de governador. “Nós nos sentimos com o dever cumprido e cumprimos com a nossa obrigação precípua e básica que foi arrumar a casa em um ano. Lutamos a boa luta e combatemos o bom combate com dignidade e decência. Estou com um sentimento de leveza”, disse ele.

Amazonino comentou ainda que os candidatos devem se curvar “e aceitar com dignidade e grandeza a decisão soberana do povo para que nós tenhamos um novo presidente e um governador”.

Da Sefaz, Amazonino seguiu para a Escola Estadual Ângelo Ramazzoti, em Adrianópolis, Zona Sul, onde acompanhará a vice de chapa, Rebeca Garcia, que vota no local. Em seguida, deve ir para casa, no bairro Tarumã, na Zona Oeste, onde almoçará com a família e acompanhará o domingo de pleito.

Publicidade
Publicidade