Publicidade
Manaus
para smartphones

Aplicativo da OAB-AM atenderá pessoas com deficiência nas Olimpíadas em Manaus

A ferramenta - que estará disponível para download no dia 1º de agosto deste ano - poderá ser utilizada pelos PCDs durante os jogos a serem realizados em Manaus, auxiliando pessoas a localizar áreas de acesso especiais e denunciar violações legais, por exemplo 06/07/2016 às 20:11 - Atualizado em 07/07/2016 às 09:22
Show app
Foto: Divulgação/OAB-AM
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

O aplicativo Cidadão Olímpico foi lançado na noite desta quarta-feira (6) pela Ordem dos Advogados dos Advogados do Brasil (OAB-AM). O app - que estará disponível para download no dia 1º de agosto deste ano - auxiliará pessoas com deficiência a conhecerem direitos, localizar áreas de acesso especiais e denunciar violações legais.

A ferramenta poderá ser utilizada pelos PCDs durante os jogos a serem realizados em Manaus. Segundo o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy, o app representa um legado deixado pela seccional.

"É algo importantíssimo, especialmente para a pessoa com deficiência. É um lançamento também em comemoração ao aniversário de um ano do estatuto da pessoa com deficiência - celebrado nesta quarta-feira", disse.

Dentre os serviços oferecidos pelo aplicativo, estão guias de direitos e diretrizes para pessoas com deficiência durante o evento, mapas e informações de acesso aos locais de partidas esportivas, além de um espaço para realizar denúncias de casos que vão contra a legislação.

"É inegável a necessidade de denunciar casos que violam os direitos da pessoa com deficiência. Queremos estas denúncias e encaminhá-las às entidades importantes", ressaltou Choy.

O Cidadão Olímpico é o resultado de uma parceria entre a OAB-AM, a Secretaria Estadual da Pessoa com Deficiência (Seped), o Instituto de Tecnologia Manaós (ITMBr) e a Iniciativa privada.

Segundo a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Nancy Segadilha, a criação do aplicativo aconteceu baseada em três pilares: acesso, segurança e participação adequada.

"O cidadão olímpico terá o guia de direito com as leis importantes na questão do PCD, o guia informativo sobre o serviço de transporte adaptado para condução do PCD para a Arena disponibilizando todas informações necessárias para sua partição", explicou.

Nancy destacou ainda que um serviço de solicitação de apoio a qualquer ocorrência será disponibilizado no aplicativo. "Basta digitar a demanda que ela será recebida pelo membro mais próximo para ajudar a pessoa que estiver solicitando. A nossa preocupação sempre será em assegurar os direitos da Pessoa com deficiência", afirmou.

Além de Choy e Nancy, participaram do evento de apresentação da plataforma a vice-presidente da OAB-AM, Adriana Mendonça, a secretária executiva da Seped, Vera Lúcia Edwards, o coordenador do grupo temático de Sustentabilidade, Acessibilidade e Legado do Comitê Manaus 2016, Marcelo Dias e demais membros da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB-AM.

O aplicativo estará disponível somente na Google Play Store.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade