Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
TECNOLOGIA

Aplicativo é a nova arma para evitar filas nas matrículas da rede pública

“Matrículas Amazonas” foi desenvolvido pela Prodam para facilitar a busca por escola para os filhos na rede pública do Estado e do Município



Mockup-matriculas.jpg Aplicativo já pode ser baixado na Google Play e a partir do dia 26 na Apple Store
16/12/2016 às 17:10

A rede pública de ensino eformalizou na manhã desta sexta-feira (16) o calendário de matrícula do ano letivo de 2017. Desta vez, com uma novidade: a partir de agora a matrícula também poderá ser realizada por meio do aplicativo “Matrículas Amazonas”, ferramenta esta desenvolvida pela empresa de Processamento de Dados Amazonas (Prodam).  A apresentação da novidade ocorreu na manhã de hoje na sede do Governo do Amazonas, localizado na avenida Brasil, Zona Oeste de Manaus.

Com a nova ferramenta a rede pública deve agilizar o atendimento para a população, evitando filas nos postos de matrículas como sempre foi de costume. “Em alguns anos, a Seduc (Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino), por meio do portal de matrículas, tem ofertado um atendimento melhor para a população. Com o portal, não se precisa mais dormir em filas na frente dos postos de matrículas ou nas escolas. Agora, com o aplicativo, apresentamos um conforto maior para população, pois todo o procedimento da matrícula poderá ser acompanhado em mãos”, disse o titular da Seduc, professor Algemiro Lima.

O aplicativo se encontra disponível para baixar na Google Play na plataforma Android e no dia 26 de dezembro estará disponível no App Store para iOS. Por enquanto, três funcionalidades do aplicativo se encontram liberadas.  No caso, o calendário de matrículas, o mapa de todo Estado apontando onde há as unidades da rede pública de ensino e por terceiro o cadastramento no sistema.

Os alunos da rede estadual ou municipal deverão ficar atento aos prazos previstos no cronograma de matrículas. A rematrícula - confirmação da matrícula dos alunos que estudaram na rede até o término deste ano letivo – deve realizar o procedimento no período de 19 a 29 de dezembro. Já o reordenamento – encaminhamento de alunos de escolas sem continuidade de ensino do estudante – será realizado nos dias 5 e 6 de janeiro.

A transferência para alunos de todos os níveis de ensino, tanto da rede estadual como municipal ,que desejam trocar de instituição, deve se feita no dia 7 de janeiro. Para os novos alunos, o atendimento iniciará no dia 13 de janeiro. Nesse período, os responsáveis poderão reservar a vaga, lembrando que a reserva terá um prazo de três dias úteis para que a matrícula ocorra.

Novatos

Para realizar a matrícula, os pais ou responsáveis pelo estudante precisam ir até a unidade escolar que foi obtida a vaga e apresentar os seguintes documentos: comprovante de escolaridade original – guia de transferência ou histórico escolar ou ainda a declaração de transferência com validade de 30 dias; certidão de nascimento 9original e cópia); Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Registro Geral (RG) (original e cópia) do responsável pelo aluno e obrigatório no caso dos alunos do ensino médio e para os alunos maiores de 18 anos de qualquer ensino; cópia do comprovante de residência (fatura de água, energia ou telefone do último mês que anteceder a matrícula); cópia do cartão de vacinação e duas fotos 3x4 recentes.

Semed
No caso da capital, por meio do aplicativo também será possível realizar a matrícula do ano letivo de 2017.  O subsecretário de administração e finanças da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Fabian Barbosa, informou que foi realizado um grande planejamento para evitar tumulto na hora da busca pelas vagas. “As ferramentas são varias, temos o site, agora o aplicativo e teremos mais de mil postos de matrícula porque todas as escolas funcionarão como posto de matrícula e também quem optar por ir presencialmente poderá ir aos laboratórios das escolas fazer o uso dos computadores para acesso a matrícula online se assim preferirem. O importante é que quem optar por ir presencialmente à escola deve compreender que não precisa ser necessariamente na escola pra onde pleiteia a vaga”, reforçou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.