Publicidade
Manaus
PRESÍDIOS

Após 40 dias de fuga em massa, 118 detentos continuam foragidos de presídios no AM

Número foi atualizado pela Seap. Em 1º de janeiro deste ano, 225 detentos escaparam do Compaj e do Ipat. Desses, 107 foram recapturados 12/02/2017 às 17:52 - Atualizado em 12/02/2017 às 19:07
Show 1486940809987392
Foto: Divulgação
Vinicius Leal Manaus (AM)

Após mais de 40 dias da fuga em massa dos presídios de Manaus, 118 detentos continuam foragidos. O número foi divulgado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Segundo o órgão, dos 225 que fugiram do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), no dia 1º de janeiro deste ano, 107 foram recapturados.

A fuga em massa dos dois presídios, os dois no Km 8 da rodovia BR-174, aconteceu no mesmo dia do massacre de 56 detentos no Compaj, estopim da crise penitenciária do País e a segunda maior chacina da história dos presídios brasileiros. Ao todo, 65 internos foram mortos desde o dia 1º de janeiro, tanto no Compaj, incluindo quatro mortos na Unidade Prisional do Puraquequara, quatro na cadeia pública e um encontrado morto do lado de fora do Compaj.

Sobre a fuga em massa de 225 presos, 78 deles fugiram do Ipat e 147 do Compaj. Segundo a Seap, os órgãos de segurança do Estado continuam trabalhando para recapturar os 118 ainda foragidos, com foco em Manaus e na região metropolitana, e participação da Secretaria de Segurança Pública, da Polícia Civil e da Polícia Militar.

A SSP-AM disponibiliza dois números de telefone para receber denúncias da população sobre informações de foragidos, o Disque Denúncia 181 e também um número no WhatsApp (92) 9412-4431. Segundo o órgão, as mensagens e informações enviadas serão mantidas em sigilo e encaminhadas para as polícias.

Publicidade
Publicidade