Publicidade
Manaus
Manaus

Após acordo, paralisação dos rodoviários acaba e coletivos voltam a circular por Manaus

Greve pegou de surpresa usuários na manhã desta quarta-feira. Um dos fatores para a paralisação estaria ligado ao não-cumprimento de um acordo coletivo 17/12/2014 às 10:21
Show 1
Paralisação da empresa Global afeta o transporte coletivo principalmente na Zona Leste de Manaus
acritica.com Manaus (AM)

Rodoviários da empresa de ônibus Global Green, que haviam paralisaram as atividades em 70% de sua frota na manhã desta quarta-feira (17), prejudicando os usuários do transporte coletivo de Manaus, voltaram a trabalhar após um acordo específico. Representantes dos profissionais e da empresa se reuniram e, após entrarem em consenso, os motoristas e cobradores aos poucos foram levando os coletivos às ruas.

Segundo os trabalhadores da empresa, a decisão pela greve partiu do não-cumprimento de 70 itens aprovados em dissídio coletivo diante da Justiça do Trabalho. Entre os pontos discutidos estariam reajuste salarial e cesta básica. Segundo relatos, eles disseram que só voltariam a trabalhar perante ordem judicial.

Os funcionários da empresa estão com 70% da sua frota paralisada na manhã desta quarta, segundo o advogado do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Fernado Borges. “Mais uma vez não fomos avisados sobre greve nenhuma. A informação que temos é que a demissão de alguns funcionários causou revolta  e motivou a greve”, afirmou Borges.

Sobre algum recurso por parte do Sinetram, Borges afirmou que uma ordem judicial será evitada, já que seria expedida, no mínimo, às 12h. “Queremos que seja feita essa negociação, mas caso não se resolva, recorreremos à Justiça”.

Segundo a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), a empresa opera em 33 linhas, com 240 ônibus. As linhas que tiveram o itinerário ampliado foram as 540, 517 e 542 e, há pouco, foi colocado ônibus de integração articulados nas linhas 600 e 652. Essas linhas saem do Terminal 4 (T4) passam também pelo T5. A SMTU atua com fiscais na Zona Leste da cidade orientando a população.

Esta é a quinta paralisação do ano da empresa, em Manaus. A última aconteceu no dia 7 de novembro, quando 100% dos ônibus ficaram na garagem.


MAIS INFORMAÇÕES EM INSTANTES


Publicidade
Publicidade