Publicidade
Manaus
Manaus

Após assaltar casa e trocar tiros com a polícia, assaltante morre e outro é preso, em Manaus

Dupla roubou residência de oficial do Exército, fugiu com carro e acabou localizada pelo rastreador do telefone da vítima 23/05/2015 às 15:54
Show 1
Um dos assaltantes foi levado para o 6º DIP
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Bruno dos Santos Martins, 21, foi baleado com um tiro na perna, e Hans Kleber, de 18 anos, morreu na manhã deste sábado (23), às 6h, após trocar tiros com policiais militares na rua Bem-Te-Vi, bairro Nossa Senhora, Zona Norte de Manaus. O tiroteio ocorreu na noite da última sexta (22), por volta de 21h30, após a dupla efetuar um roubo a uma residência no conjunto Manôa, também na Zona Norte.

Policiais militares da 6° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) estavam em patrulhamento de rotina quando foram informados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) que a residência de um oficial do Exército Brasileiro, no Manôa, havia sido invadida pela dupla. Do local, eles levaram um veículo Corsa Classic de cor cinza e placas OAI-9270, e uma motocicleta modelo Titan, de cor branca e placas PHA-2470.

Segundo PM, o dono da residência informou que teria jogado o próprio aparelho celular dentro do veículo roubado na tentativa de imediatamente localizar os suspeitos. Com isso, a guarnição passou a rastrear o telefone, obtendo êxito na localização da dupla.

Quando a equipe chegou até o local onde Bruno e Hans estavam, os policiais foram recebidos com disparos de arma de fogo, e então iniciou uma troca de tiros, onde a dupla foi alvejada. A guarnição prestou assistência aos dois, que foram encaminhados para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo. Bruno foi atendido e encaminhado ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Kleber permaneceu no hospital e na manhã deste sábado (23) faleceu durante a cirurgia.

Segundo a polícia, a dupla já tinha passagem pela polícia por tráfico de entorpecentes e roubo. Bruno inclusive, tinha várias passagens pela Dagmar Feitosa. Após os procedimentos, Bruno foi encaminhado à cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa, onde responderá pelo crime de roubo majorado.

Publicidade
Publicidade