Publicidade
Manaus
Manaus

Após decisão judicial estipular multa, sindicato dos rodoviários suspende greve da categoria

Após multa estipulada em R$ 200 mil para trabalhadores que aderirem ao movimento grevista, Sindicato dos Rodoviários suspendeu a paralisação e anunciou a medida com carros de som na porta de empresas, na manhã desta terça-feira (9) 09/06/2015 às 11:42
Show 1
Motoristas e cobradores pretendiam parar 70% da frota de ônibus coletivos convencionais
acritica.com Manaus (AM)

Após a presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Maria das Gracas Alecrim Marinho, acatar o pedido do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) para que seja considerada abusiva qualquer paralisação do Sindicato dos Rodoviários, inicialmente prevista para esta terça-feira (9), a greve foi suspensa e o transporte coletivo em Manaus funciona normalmente.

Empresas do setor, como Eucatur, Açai Transportes, Via Verde, Global Green e Viação São Pedro, apresentam até o momento um fluxo de funcionários normal, bem como saída normais de ônibus.

Todas as empresas estão sendo policiadas e devidamente acompanhadas por viaturas das áreas.Um carro de som estava presente na frente da sede da Eucatur informando a suspensão do movimento grevista, motivado por determinação judicial, bem como pelas conquistas alcançadas ate o momento.

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviários de Manaus (STTRM) disseram, ainda, que as negociações se estenderão até sexta feira. De acordo com o presidente do Sindicato, Givancir Oliveira, a paralisação do transporte coletivo foi descartada e o sindicato não apóia o movimento grevista da categoria nas garagens das empresas.

Publicidade
Publicidade