Publicidade
Manaus
Manaus

Após esfaquear auxiliar de serviços gerais, homem é preso com a arma do crime nas mãos

Aparentemente drogado, Adriano Gonçalves invadiu uma casa na Zona Leste e acertou Silas Santos no peito; familiares da vítima não sabem o motivo do crime 01/01/2016 às 15:53
Show 1
Faca usada no crime foi apreendida
Kelly Melo Manaus (AM)

Adriano Gonçalves de Almeida, de 26 anos, foi preso vinte minutos após supostamente ter matado o auxiliar de serviços gerais Silas Leão Santos, também de 26 anos, no bairro Grande Vitória, na Zona Leste, na tarde desta sexta-feira (1º).

A esposa da vítima, Rocheli Souza Ramos, contou que ela, o marido e uma vizinha estavam conversando na casa deles, quando Adriano invadiu o local e atingiu a vítima como uma facada no peito.

"Ficamos sem reação porque não sabíamos quem ele era e pensamos logo em uma assalto. Meu esposo achava que ele estivesse com um revólver, mas na verdade era uma faca. Ele furou o Silas e saiu correndo. Não deu tempo de socorrê-lo", informou a esposa da vítima, bastante abalada.

De acordo com o cabo Sergio Pereira, da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o suspeito foi localizado próximo ao local do crime, minutos depois do ocorrido. O suspeito estava, inclusive, com a faca utilizada no crime, em punho.

"Ele aparenta estar drogado e fala coisas sem nexos. Conseguimos identificá-lo com a ajuda dos vizinhos que deram informações sobre as característica do suspeito", explicou o policial militar.

Ainda conforme a PM, o suspeito foi conduzido para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde será autuado em flagrante pelo crime de homicídio.

Publicidade
Publicidade