Publicidade
Manaus
Manaus

Após fugir de flagrante, homem se entrega, confessa que matou sua mulher por ciúmes e é liberado

O homicida confesso ficou 25 horas foragido e, como se apresentou espontaneamente, foi ouvido e liberado, mas a polícia já corre atrás de mandado de prisão. Ele confirmou que arrombou a porta da casa de sua companheira e a estrangulou com as mãos 02/03/2015 às 09:39
Show 1
Após mais de um dia foragido, Marcos se entregou e confessou que matou por ciúmes
Fabio Oliveira (MH): Manaus (AM)

Depois de 25 horas foragido, um homem identificado apenas como “Marcos”, acusado de matar por estrangulamento a companheira no bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus, na última quinta-feira (26), se apresentou na tarde de sexta-feira (27) na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), localizada na avenida Autaz Mirim, Zona Leste da cidade.

De acordo com o titular da DEHS, delegado Ivo Martins, o suspeito confessou o crime e alegou em depoimento que a matou por ciúmes. “Ele contou que tiveram uma discussão, a qual a vítima o teria agredido e, segundo Marcos, para se defender, ele a estrangulou”, explicou o delegado, ao revelar também que o suspeito ainda pegou um pano e forçou ainda mais o pescoço da vítima.


Segundo o delegado, por conta de Marcos ter se apresentado espontaneamente, ele foi ouvido e liberado. Porém, conforme Ivo Martins, a equipe da DEHS já está tomando as providências para que o mandado de prisão preventiva seja expedido contra ele. “Nós estamos fazendo todo o trâmite para que seja expedido o seu mandado de prisão. Como ele se apresentou, ele foi ouvido e liberado”, confirmou o delegado.

No dia do crime, o suspeito arrombou a porta da residência da companheira, localizada na rua Ruy Adriano de Araújo Jorge, bairro Santa Etelvina, Zona Norte, e a enforcou com as mãos. Conforme a Polícia Civil, Rayane foi estrangulada também com uma atadura. A unidade de homicídios deve apresentar Marcos nessa semana.

Publicidade
Publicidade