Publicidade
Manaus
Manaus

Após início da cheia, Rio Negro desce oito centímetros no final de semana, em Manaus

O chefe de hidrologia do Porto de Manaus, Valderino Pereira, informou que o fenômeno é considerado 'normal' para o período, e que, provavelmente, não afetará o regime da subida dos rios.  16/11/2015 às 14:20
Show 1
No sábado (14), o rio Negro desceu dois centímetros. De domingo (15) até esta segunda-feira (16), foram mais seis centímetros de vazante.
Luana Carvalho Manaus (AM)

Depois de subir 81 centímetros desde o dia 29 de outubro, o nível do Rio Negro voltou a descer e só no último final de semana secou oito centímetros. No último sábado (14), o Serviço de Hidrologia do Porto de Manaus registrou vazante de dois centímetros. De domingo (15) até esta segunda-feira (16), foram mais seis centímetros de vazante.

O chefe de hidrologia do Porto de Manaus, Valderino Pereira, informou que o fenômeno é considerado 'normal' para o período, e que, provavelmente, não afetará o regime da subida dos rios. 

"Isso acontece sempre. Às vezes o fenômeno se repete em janeiro ou fevereiro, mas nada que possa modificar o ciclo. Para chegar a cota mínima, faltam 73 centímetros. Não que seja impossível, mas é pouco provável", explicou. 

O gerente de hidrologia do Serviço Geológico de Manaus (CPRM), André Luis Martinelli, estima que o Negro desça pelo menos mais 30 centímetros nos próximos dias. “O que estamos enfrentando é o reflexo de uma descida de 13 dias que aconteceu em Tabatinga, no Alto Solimões”. 

O município de Coari, no médio Solimões, já se sente o reflexo da descida do rio na região do Alto Solimões, que voltou a encher na última quarta-feira (11). Do dia 6 até o último domingo (15), o médio Solimões desceu 56 centímetros. 

Em Manacapuru, no baixo Solimões, o rio também está descendo lentamente. Desde a segunda-feira passada (9), baixou 23 centímetros.   




Publicidade
Publicidade