Publicidade
Manaus
PRAIA

Após laudo, Prefeitura de Manaus decide manter banho na praia da Ponta Negra

Técnicos analisavam possibilidade de suspender acesso à água após jovem cair num buraco na praia artificial. Porém, área de banho foi delimitada em cinco metros rio adentro 13/11/2018 às 11:45
Show show show 1 e5102695 6c4a 4fa9 89ed 7afece6885e2
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com

Após avaliação do laudo técnico do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) sobre as condições de uso da praia do Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, técnicos do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) constataram que não há necessidade de interditar o local. A possibilidade de suspender o acesso à água ocorreu após um jovem de 17 anos ter caído num buraco na praia artificial e ter ficado preso submerso por 12 minutos no dia 4 de outubro.

Segundo a prefeitura, apesar de não haver necessidade de fechar a praia, foi determinado um reforço às orientações e cuidados aos banhistas por conta do baixo nível do rio Negro. “Para nós, o mais importante é a segurança das famílias que frequentam a Ponta Negra, por isso foi delimitada uma nova área de banho, com uma margem de segurança, de acordo com que o laudo do CPRM apresentou. Além disso, continuamos com todo nosso efetivo de segurança a postos”, explicou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

O laudo do CPRM apontou uma faixa de segurança para banho de sete metros rio adentro a partir da margem, porém a prefeitura diminuiu a área delimitada para banho na praia para cinco metros, com objetivo de garantir segurança aos banhistas.

O levantamento do CPRM foi realizado nos dias 7 e 8 de novembro, quando a cota do rio Negro estava em 17,05 metros. Segundo a medição do Porto de Manaus, a cota, nesta segunda (12) encontrava-se em 17,12 metros, o que mostra que nos últimos quatro dias o rio subiu sete centímetros. Conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2013 junto ao Ministério Público do Amazonas (MPE-AM), a marca de 16 metros é a cota de segurança mínima para a entrada dos banhistas no rio.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Claudio Guenka, explicou que todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos que já atuam na Ponta Negra estão com as atividades direcionadas para orientar e fiscalizar os banhistas. “É uma questão de a população entender que estamos preocupados em resguardar suas próprias vidas, conforme determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto”, destacou Guenka.

A delimitação de banho na praia da Ponta Negra deve permanecer em cinco metros até o final deste ano. E, conforme o rio for apresentado elevação da cota essa margem poderá ser ampliada, depois de nova avaliação do Implurb e do Corpo Integrado de Segurança da Praia da Ponta Negra.

Novas placas

Ainda segundo a prefeitura, a praia da Ponta Negra recebeu novas placas de sinalização para alertar banhistas e usuários quanto às regras de uso, especialmente quanto à área de banho no rio Negro. Na praia, além do horário de funcionamento indicado para banho – até às 17h – e a preocupação com as crianças dentro do rio, a recomendação é a moderação no consumo de bebidas alcoólicas.

“É importante respeitar as normas de uso da praia e não ultrapassar o cordão de isolamento, que indica área de segurança dentro da água. Placas de orientação quanto aos cuidados e horários estão distribuídas em toda a área de uso permitido e regular”, informou a prefeitura.

Conforme o Executivo municipal, durante a semana o Corpo de Bombeiros conta com salva-vidas distribuídos diariamente na área da praia, por todo o perímetro delimitado. Os corpos permanentes de segurança, incluindo Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, atuam dando apoio à retirada de banhistas das águas antes das 17h.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade