Publicidade
Manaus
Manaus

Após participarem de curso de qualificação, camelôs receberão certificado da prefeitura

Quatro cursos foram oferecidos à 318 camelôs das galerias populares, pela Prefeitura de Manaus. O certificado será entregue neste sábado (13) 13/12/2014 às 10:08
Show 1
O curso ajudou os empreendedores a administrarem melhor seus negócios
Jornal A Crítica Manaus (AM)

Na segunda-feira, os 318 camelôs que finalizaram os cursos do Programa de Qualificação dos camelôs, realizado pela Prefeitura de Manaus, receberão seus certificados. A cerimônia está marcada para 18h, no auditório do Colégio Dom Bosco, na avenida Epaminondas, 57, Centro.

Givanildo Marcos Maia, 36, o “Marquinho”, será um dos que ganhará o certificado no dia da cerimônia. Ele, que trabalha há 19 anos como camelô, afirma que foi possível aproveitar bastante do que aprendeu no curso. “Foi de total aproveitamento, agora estamos prontos para sermos os empreendedores das galerias. Acho que fazer esse curso foi um passo importante para a nossa formalização e para melhorar nosso pensamento economico e administrativo”, disse.

Quatro cursos foram oferidos aos profissionais das galerias populares: “Atendimento ao Cliente”, “Gestão de Negócios”, “Empreendedorismo” e “Planejamento e Controle de Finanças”. “A qualificação é o caminho para a boa gestão dos negócios. Trata-se de um segmento experiente, por isso buscamos alinhar a experiência dos camelôs no comércio, por meio de uma proposta pedagógica, a novos conhecimentos técnicos que vão ajudá-los a lidar com o novo negócio, agora como microempreendedores”, pontua a diretora geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo.

O Programa de Capacitação de Camelôs foi solicitado pela Secretaria Municipal do Centro (Semc) no início deste ano. Atualmente, é coordenado pela Escola de Serviço Público Municipal (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração Planejamento e Gestão (Semad), em parceria com as Secretarias Municipais do Centro (Semc) e de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), o Fundo Municipal de Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), do Governo do Estado.

Para o titular da Semad, Serafim Meirelles Neto, o programa contribui para a consolidação das ações da prefeitura na revitalização do Centro de Manaus. “O projeto vem trazendo grandes resultados para a qualidade de vida da população e dos camelôs, que estão saindo das ruas e se tornando donos do próprio negócio”, diz.

Já o secretário da Semtrad e responsável pelo Fumipeq, David Reis, ressalta que a qualificação é um passo importante para a formação dos microempreendedores. “O projeto Viva Centro vem obtendo sucesso e a qualificação é um dos pilares para a efetivação do projeto, promovendo um resgate de autoestima desses profissionais e preparando para a gestão do novo negócio nas galerias”, afirma.

Publicidade
Publicidade