Terça-feira, 16 de Julho de 2019
SEAP

Familiares são liberados para visitar detentos no presídio do Puraquequara após protesto

Um representante da Seap informou que o atraso da entrada dos familiares no local foi ocasionado por questões de segurança



upp.JPG (Foto: Arquivo AC)
23/12/2017 às 11:00

Familiares de presos da Unidade Penal do Puraquequara (UPP), foram liberados para visitar os detentos por volta das 10h30 deste sábado (23). Mais cedo, um grupo de pessoas realizou uma manifestação pedindo a liberação da visita de final de semana. A entrada foi anunciada pelo coordenador do sistema penitenciário, major Lima Júnior.

Durante conversa com a imprensa, o major Lima afirmou que a retenção da entrada foi motivada pelo evento ocorrido na noite dessa sexta-feira (22), quando alguns presos conseguiram abrir celas. Ele também pediu compreensão aos familiares. "A visita não foi proibida. Só foi atrasada por questões de segurança", destacou o representante da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP).

A entrada dos familiares aconteceu logo após a chegada da Ronda Ostensiva Cândido Mariana (Rocam). O policiamento começou a ser reforçado dentro e fora do UPP.

As visitas no UPP que acontecem normalmente até as 16h, serão estendidas até as 17h por conta do atraso na entrada dos familiares.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.