Publicidade
Manaus
Manaus

Após roubo, quadrilha troca tiros com a polícia e fere dona de casa na Zona Sul de Manaus

Durante o tiroteio, a dona de casa Lídia Oliveira Ferreira, 45, foi atingida na perna por uma bala perdida e socorrida ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. Alguns criminosos - que roubaram uma quantia em dinheiro, um celular e um pacote de refrigerante - continuam foragidos 23/11/2013 às 10:40
Show 1
Um dos suspeitos foi preso e um adolescente apreendido por participação na quadrilha especializada em assaltos
Bruna Souza Manaus, AM

Policiais militares da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) trocaram tiros com uma quadrilha de assaltantes que haviam roubado a renda e um pacote de refrigerante em um mercadinho na rua Urucará, bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus.

Durante o tiroteio, a dona de casa Lídia Oliveira Ferreira, 45, foi atingida na perna por uma bala perdida e, socorrida, foi encaminhada ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. Um adolescente apreendido pela polícia afirmou que um policial militar teria participação na quadrilha especializada em assaltos.

De acordo com o relato dos policiais militares da 1ª Cicom, no relatório de ocorrências da Polícia Militar (PM), a viatura 1504 estava realizando um patrulhamento de rotina quando avistou um veículo, modelo Volkswagen Golf, de cor preta e placas JXR-3008. Os suspeitos perceberam a presença da polícia, saíram em alta velocidade e atiraram contra os PMs.

Chegando ao Beco da Paz, no bairro São Francisco, na mesma Zona, os assaltantes abandonaram o veículo, atiraram novamente contra a guarnição, que chegou a revidar, mas os suspeitos fugiram a pé. Apenas um dos suspeitos foi capturado, identificado como Everton Felipe da Silva Nascimento.

A dona de casa passava pelo local quando foi atingida pela bala perdida na perna. Ela foi socorrida ao HPS 28 de Agosto, localizado na avenida Mário Ypiranga, no bairro Adrianópolis. 

Escondidos em quitinete

A polícia conseguiu recuperar R$ 100 roubado, um celular do proprietário do mercadinho e um pacote de refrigerante de dois litros. Policiais militares da Força Tática foram acionados para dar apoio à companhia e receberam a informação de que o restante do bando estaria escondida em uma quitinete situada na rua Satiro Dias, também no São Francisco.

No local, a polícia encontrou apenas um adolescente de 17 anos, que confessou ter participado da ação criminosa e apontou onde estava o terceiro elemento da quadrilha, denunciado como o autor dos disparos. Os policiais se deslocaram até a casa do suspeito, identificado apenas como "Marcelo", na rua Medeiros Ferreira, mas ele conseguiu fugir assim que percebeu a chegada das viaturas.

Na residência de “Marcelo”, a polícia encontrou um revolver calibre 38, com quatro munições deflagradas durante a troca de tiros. Em depoimento, o adolescente afirmou que a arma pertenceria a um policial militar, identificado como Douglas Ferreira Pacheco, e que o lucro do roubo seria dividido com o militar. A PM vai investigar a acusação feita contra o policial.

Everton foi autuado por roubo e tentativa de homicídio no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. O adolescente foi levado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

Publicidade
Publicidade