Publicidade
Manaus
Manaus

Após vistoria em presídio de Manaus, até Playstation, whiskey e narguilé são confiscados

Além de centenas de armas brancas e aparelhos celulares, a SSP-AM e o Comando Militar da Amazônia apreenderam drogas, eletro-eletrônicos e outros itens ilegais com auxílio de um novo equipamento das Forças Armadas. Apreensão foi apresentada durante coletiva para a imprensa  30/07/2015 às 08:48
Show 1
Diversos objetos foram encontrados durante a vistoria ao Compaj
acritica.com Manaus (AM)

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS

Na tarde desta quarta-feira (29), o titular da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) apresentou à imprensa, durante entrevista coletiva, uma porção do material apreendido durante a vistoria realizada no Completo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), com a ajuda do Exército Brasileiro e um novo equipamento do Comando Militar da Amazônia (CMA), utilizado para detectar minas terrestres.

Entre as apreensões estão desde armas brancas até um videogame, além de bebidas alcoólicas, narguilé, drogas e diversos celulares. Os estoques (espécie de faca caseira) são de todos os tipos: além de estiletes, tesouras e navalhas, há barras de ferro de diversos tamanhos e até ferramentas de jardinagem. Antes, autoridades já tinham divulgado imagens de uma cela "de luxo" dentro do local.


Um whiskey Old Parr 12 anos, que custa uma média de R$ 150, é visto na imagem, assim como um Sony Playstation 3 (R$ 900) com dois controles sem fio (R$ 140 cada). Imagens também comprovam que os detentos escondiam os celulares dentro da tampa do isopor, este usado para armazenar comida.

A coletiva ainda está sendo realizada na sede da SSP-AM. Ao mesmo tempo, o titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Louismar Bonates, também concede entrevista.

Publicidade
Publicidade