Publicidade
Manaus
MOBILIDADE URBANA

App Táxi Manaus: usuários reclamam da falta de carros cadastrados e tempo de espera

Enquanto taxistas resistem à tecnologia, usuários apontam onde a plataforma lançada em maio pela Prefeitura de Manaus deve melhorar 27/08/2018 às 02:58
Show t xi 30b9673e f596 429b 8be5 e47f7cc51d39
Táxi Manaus foi lançado há três meses para competir com o Uber e outros. Foto: Euzivaldo Queiroz
Álik Menezes Manaus (AM)

Taxistas e usuários tecem críticas e apontam melhorias que poderiam ser implantadas no aplicativo Táxi Manaus, lançado pela Prefeitura de Manaus, no mês de maio desse ano. De 4 mil taxistas cadastrados junto a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), apenas 2 mil estão cadastrados no app, mas, segundo taxistas, muitos não possuem o costume de usar a novidade e acabam deixando a tecnologia de lado.

Diferente de outros aplicativos como o Uber, que possui inúmeros motoristas cadastrados, os usuários do transporte que tentam utilizar o Táxi Manaus relatam esperar até 40 minutos após a solicitação. O estudante Anderson Léo Guimarães, de 22 anos, disse que fez um teste no app lançado pela PMM e a experiência não foi positiva.  “O Uber e outros aplicativos possuem muitos motoristas cadastrados. A gente espera poucos minutos e  acostumamos à comodidade. Quando fui testar o da Prefeitura, não gostei, o motorista estava  na Cidade Nova e eu no São Raimundo, tinha previsão de chegar em 40 minutos, mas foi mais tempo que isso”, disse ele.

“O tempo de espera foi maior porque não tem muito taxista cadastrado. Pelo menos  foi o que o motorista me disse no dia”, comentou o estudante.

 Falta de costuma

Para o auxiliar de escritório Carlos da Silva Damasceno, de 29 anos, a ideia do aplicativo é boa tanto para o passageiro quanto para o taxista, mas falta mais divulgação e uma espécie de capacitação para os profissionais que estavam acostumados a outra realidade.

“Outro dia peguei um táxi que estava adesivado com o ‘Táxi Manaus’. Aí perguntei se o taxista estava usando e se estava achando bom, mas ele me disse que usou apenas um dia, que não gostou porque não tem o costume de usar essas tecnologias e que a maioria dos amigos não usa”, disse.

Entre os pontos fortes do app, Damasceno destacou o valor fixo das corridas. “Acho que o aplicativo é bom para os dois. A gente paga um valor fixo e o taxista tem mais uma forma de competir com os outros aplicativos que estão em funcionamento”, completou.

Taxistas ‘antigos’ não se adaptaram

O taxista Dilson Batista de Souza, de 36 anos, que trabalha na atividade há mais de 10 anos, disse que está utilizando o aplicativo há pouco mais de uma semana.   Segundo ele, o sistema é uma excelente iniciativa, mas é preciso investir mais na divulgação e na capacitação de taxistas mais antigos, que ainda resistem às tecnologias da informação. “Os clientes gostam porque tem o lance do desconto e preço fixo, mas reclamam do tempo de espera. Acho que deveria ter mais divulgação e qualificação dos taxistas, assim os usuários teriam mais opções e não esperariam tanto e o serviço seria melhor prestado”, afirmou. 

Há mais de 25 anos “na praça”, o taxista Raimundo Oliveira, de 55 anos, disse que sentiu no bolso a queda no faturamento após a chegada do Uber e outros aplicativos similares, mas vê uma pequena melhora nas corridas após o lançamento do app da Prefeitura de Manaus.

“O problema que eu vejo é a intimidade de muitos colegas com as tecnologias. Não tem um treinamento  e os mais antigos estão acostumados a receber o chamado via rádio. Se não houver uma campanha pesada, os passageiros vão deixar de usar porque não vai ter motorista suficiente e hoje em dia ninguém gosta de esperar”, pontuou ele.

O Táxi Manaus está disponível para as plataformas Android e iOS e pode ser baixado gratuitamente.  O desenvolvimento da ferramenta foi coordenado pela Prefeitura em parceira com o Sindicato dos Taxistas do Amazonas (Sintáxi-AM).

Meta: 50 mil downloads

A Prefeitura de Manaus informou, por meio de nota, que atualmente, conforme  dados da comissão gestora do aplicativo Táxi Manaus, existem mais de 43 mil usuários cadastrados e utilizando a ferramenta na capital amazonense. A comissão trabalha com a meta de alcançar 50 mil downloads ainda este ano e, para isso, novas ações estão sendo programadas, com atualizações realizadas constantemente visando melhorias no serviço prestado.

A nota informa ainda que, em relação ao funcionamento do aplicativo, o sistema atende às expectativas tanto para os taxistas quanto para os clientes. Atualmente, 2 mil taxistas utilizam a plataforma e a procura continua aumentando por parte dos permissionários e o  aplicativo, desde o seu lançamento em maio deste ano, oferece descontos de 25% a 30% nas corridas, garantindo mais competitividade aos taxistas. “Os taxistas também possuem como vantagens competitivas larga experiência no mercado e oferecem veículos com comodidade, segurança e rapidez, que podem circular livremente pelas Faixas Azuis”, finaliza a nota.

Na época do lançamento do app, o responsável pelo sistema por parte do Sindicato dos Taxistas,  Márcio Fleury,  afirmou que a  principal diferença para os aplicativos de carro particular ou os de táxis já existentes, era  o fato de que não serão cobradas taxas sobre as corridas. “O valor é integral de quem trabalha dirigindo. É um serviço totalmente gratuito para os motoristas e adesão é voluntária”, afirma.

Publicidade
Publicidade