Publicidade
Manaus
VISITA

Arcebispo de Manaus visita Centro Islâmico do Amazonas como forma de retribuição

O Centro Islâmico fez uma doação em dinheiro à Igreja São Sebastião após um furto ocorrido no templo católico mês passado. É a primeira vez que um arcebispo do Estado visita uma comunidade islâmica 06/07/2018 às 15:00
Show 98
Foto: Junio Matos
Alik Menezes Manaus (AM)

O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, visitou na manhã desta sexta-feira (6) o Centro Islâmico do Amazonas, como forma de retribuição à doação em dinheiro feita pelo Centro Islâmico à Igreja de São Sebastião, após um furto ocorrido no templo católico mês passado. É a primeira vez que um arcebispo do Amazonas visita uma comunidade islâmica.

O Sheikh Mohamed Ahmed Hussain, líder religioso do Centro Islâmico do Amazonas, recepcionou Dom Sérgio e recebeu livros franciscanos de padres que acompanhavam o arcebispo durante a visita, que acontece em um dia considerado sagrado pelos mulçumanos. Mohamed destacou a importância do ato em favor da igreja católica e sobre a vista do líder da Igreja Católica no Amazonas.

“A religião mulçumana defende o tratamento equivalente entre as religiões e quando ficamos sabendo do ocorrido (o furto) tivemos a missão, a responsabilidade de ajudar. É uma responsabilidade do islã, é uma reação natural prestar solidariedade e tentar confortar os da igreja católica, que são nossos coirmãos em relação à religião e ao propósito de Deus. No islã é importante estreitar relação entre as regiões  e é importante estreitar as relações entre os povos, independente da raça ou religião”, disse.

O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, chegou ao Centro Islâmico às 12h, momento em que mulçumanos se reúnem para fazer rezas durante uma hora e conversou com o líder mulçumano. Dom Sérgio destacou a ajuda que recebeu e falou sobre a visita após o furto. “Nós estamos aqui para agradecer, dizer muito obrigado a eles. E nas coisas pequenas que começam as coisas grandes, a gente vê que somos todos irmãos e somos iguais diante de Deus. A paz começa por aí, nesses gestos de fraternidade e solidariedade. Esse gesto ultrapassa as fronteiras e coloca-nos em busca da paz entre as religiões”, disse.

Dom Sérgio disse que também aproveitaria o momento de reza para orar pela vitória da Seleção Brasileira no jogo desta contra a seleção da Bélgica. “Já rezamos de manhã, estamos rezando o dia todo, mas o problema é que os belgas também estão rezando. É difícil Deus atender os dois”, brincou. O arcebispo permaneceu no Centro Islâmico por cerca de 1h.

Publicidade
Publicidade