Publicidade
Manaus
Manaus

Armando Mendes, na Zona Leste, está sem água há dez dias

Moradores do bairro Armando Mendes, Zona Leste, reclamam que estão sem água desde o dia 26 de fevereiro 06/03/2016 às 19:01
Show 1
Moradores retiram o barro de serviço não finalizado da Manaus Ambiental
Marcela Moraes Manaus (AM)

Moradores do bairro Armando Mendes, na Zona Leste, denunciam que estão sem água desde o dia 26 de fevereiro. Hoje, completam 10 dias de sofrimento. A situação é mais complicada na rua G, onde além da falta de água, os moradores convivem com os transtornos de um bueiro que, segundo os moradores, todas as vezes que chove ele entope e a rua fica completamente alagada e por muito pouco a água não invade as casas.

“Estamos há dias sem uma gota d’água em nossas torneiras. O problema é constante aqui no bairro, a água não vem, mas a conta sempre chega”, relatou uma dona de casa que não quis se identificar.

Conforme informações de Wellington Freitas, 35, morador da rua G, é impossível trafegar na rua em dias de chuva, “Quando chove o bueiro entope e a rua fica completamente alagada. Nós ficamos ilhados sem poder sair de nossas casas” ele afirma que o problema se arrasta há anos.

De acordo com Marcos Campos, 33, almoxarife, eles informaram à Secretaria Municipal de Infraestrutura sobre a situação do local, mas até o momento nada foi feito. “Infelizmente nós temos que conviver com esse problema, quando chove a rua se transforma em uma piscina. A prefeitura sabe do problema, mas nenhuma solução definitiva foi feita aqui”, disse.

Outro problema relatado é que um buraco foi aberto pela Manaus Ambiental para que uma tubulação fosse colocada naquele local (rua G Esquina com avenida Itacolomy). Segundo os moradores os trabalhos no local não foram finalizados e os funcionários deixaram muito barro na entrada da rua que impede o trânsito dos carros naquela área.

“Nós mesmos que estamos tirando um pouco do barro para liberar a passagem na rua. Eles (funcionários da Manaus Ambiental) abriram esse buraco e deixaram a rua assim”, relatou Wellington Freitas, que junto com outros moradores retiravam parte do barro da rua para liberar a passagem no local.

Em nota a Manaus Ambiental informou que o serviço de retirada total do barro na rua G, será programado com prioridade no bairro Armando Mendes. Além disso, equipes técnicas irão realizar uma vistoria para identificar a falta de água no bairro.

Seminf vai verificar a situação

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), informou que hoje entrará em contato com o Distrito de Obras, que atende a área para verificar se, em algum momento, o serviço na área indicada pela reportagem foi realizado, assim como programar um serviço paliativo para o local.

Os serviços de desobstrução da rede drenagem, também, tem sido intensificado. No entanto, a demanda tem sido maior por conta do período chuvoso que exige maior vazão da rede e, principalmente, pela quantidade de lixo jogado pela população nas ruas o que causa a obstrução da rede e compromete a vazão correta das águas pluviais.

Conforme a Seminf, os serviços intensificados nesse período de inverno, são: ampliação da rede de drenagem que inclui a rede bueiros e caixas coletoras, instalação de canaletas, meio-fio e sarjetas.

Publicidade
Publicidade