Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
falta_dagua.JPG
publicidade
publicidade

Desabastecimento

Falta de água no bairro Armando Mendes causa transtorno a moradores

O problema, que ocorria de forma frequente em algumas ruas da parte alta da região, se tornou permanente nos últimos quatros dias


06/04/2017 às 20:18

A falta de água no bairro Armando Mendes, um dos maiores da Zona Leste, tem se agravado nos últimos dias. O problema, que ocorria de forma frequente em algumas ruas da parte alta da região, se tornou permanente nos últimos quatros dias, de acordo com moradores. Para ter água em casa, eles têm que ir pegar em um poço comunitário que fica ao lado da feira do bairro.  

O vigilante Everaldo Machado, 42, morador da rua I, contou que há dois dias a água não chega à torneira de sua casa. Todos os dias ele precisa fazer várias viagens até o poço comunitário para pegar água para as necessidades básicas da família. Para carregar os vasilhames com água, ele usa um carrinho de mão. 

Morador da rua H, o mecânico Vicente Damião, 64, está sem abastecimento há mais tempo: quatro dias no total. Mas ele vai ao poço comunitário só para pegar água para beber. Para as demais necessidades, ele armazena água da chuva. 

A Manaus Ambiental informou que uma equipe técnica da concessionária realizaria ainda ontem vistorias nas ruas J, I e H. A empresa informou, ainda, que o desabastecimento de água nas últimas semanas se deu pela falta de energia elétrica nos reservatórios do bairro Armando Mendes. A Manaus Ambiente colocou à disposição para atender seus clientes pelos canais de atendimento: 0800 092 0195 e 3627-5360 (demais locais).

publicidade
publicidade
Homem é encontrado morto a facadas e com bilhete: ‘213, Jack é Sal’
PM localiza lixão hospitalar clandestino em invasão na Zona Leste de Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.