Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Manaus

Arraial do CSU do Parque Dez começa hoje com danças típicas e 200 barracas de comidas

Serão 25 noites de festa, até o dia 23 de agosto, sempre a partir das 19h30. Ao todo, 170 grupos folclóricos se apresentarão no CSU, que ainda vai ter parque de diversões



1.gif Arraial acontece no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Parque Dez
30/07/2015 às 15:52

Um dos mais aguardados festivais da capital amazonense, o 35° Festival Folclórico do Parque 10, popularmente conhecido como “Arraial do CSU”, começa hoje a partir das 19h30, e segue até o dia 23 de agosto, com 170 atrações na programação cultural, 200 barracas de comidas típicas e um parque de diversões.

Na noite abertura, hoje, se apresentam cinco grupos folclóricos: Dança Internacional Portuguesa Vinho Verde; Quadrilha Explosão na Roça, do bairro Alvorada; Dança Nacional do Café, do conjunto Ajuricaba, Quadrilha Cômica Fuzileiros na Roça e a Ciranda Tradição, do Japiim – nesta ordem.

Em 25 noites de festa, 170 atrações devem se apresentar no Centro Social Urbano do Parque Dez, onde é realizado o festival. Cada grupo se apresenta durante 30 a 50 minutos. A expectativa dos organizadores é que 100 mil pessoas passem pelo local durante o evento.

35ª edição

O evento é promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), e conta ainda com o envolvimento de outras seis secretarias.

A secretária da Semmasdh, Goreth Garcia, destacou a tradição do evento. “Nós estamos trabalhando com nossos órgãos juntos à comunidade para produzirmos um bom festival. O Centro Social Urbano (CSU), oferece várias atrações há muitos anos, é um festival tradicional. Estamos muito felizes por prepararmos neste ano mais um evento com segurança, em paz para as famílias” concluiu.

Campanha

Nos moldes do evento do ano passado, o festival deste ano também terá o reforço da Campanha de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, da Semmasdh. No local estarão orientadores, assistentes sociais e conselheiros tutelares atentos aos casos que possam surgir dentro e no entorno do CSU.

Toda a renda do festival será destinada ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), usado para ações voltadas à proteção dos direitos da criança e do adolescente.

Obras

Com o fim do festival folclórico, já há planos para o CSU. O espaço já está reforma, com obras que devem durar até o início de 2016. “A revitalização do CSU do Parque Dez será feita através de emenda parlamentar proposta pelo vereador e atual secretário municipal de Administração, Planejamento e Gestão, Gilmar Nascimento. O vereador Luís Neto, também destinou emenda para beneficiar o CSU”, explicou a secretária Goreth Garcia.

A primeira ação da revitalização já pode ser conferida a partir de hoje: o sistema de iluminação do local já foi trocado. As luzes amarelas dos postes foram substituídas por luzes de LED.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.