Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
Manaus

Artur Neto escolhe Moita para o grupo de transição

O prefeito eleito não descartou a possibilidade de mais nomes virem a ser listados para compor a equipe



1.jpg Artur Virgílio (PSDB) escolhe grupo de transição
17/11/2012 às 09:19

O arquiteto urbanista Roberto Moita foi o escolhido por Artur Neto (PSDB) para cuidar da reestruturação urbana de Manaus. Moita é o sexto membro da comissão de transição coordenada pelo economista Rodemarck Castelo Branco. Na segunda-feira, o grupo começa a trabalhar conjuntamente.

A decisão de integrar Roberto Moita à comissão de transição foi confirmada ontem pelo prefeito eleito Artur Neto. Ele afirmou que os trabalhos desenvolvidos pela comissão até agora apontaram a necessidade de convidar outro membro. “Escolhemos o Roberto Moita para fazer a transição no Implurb (Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano) que é um órgão extremamente importante para nós. Ele é um nome que dispensa apresentação, reconhecido mundo a fora”, disse Artur a A CRÍTICA.

O prefeito eleito não descartou a possibilidade de mais nomes virem a ser listados para compor a equipe. “O Tribunal (de Contas do Estado) determina que o atual prefeito apresente três nomes e o eleito, um. Eu escolhi apresentar quatro, mas o Rodemarck está cuidando de chamar quantas pessoas ele achar que são necessárias” afirmou.

Moita já participa da reunião da equipe de transição na segunda-feira. O arquiteto foi escolhido para apresentar ideias de reestruturação urbana. “O tema que vai nortear o nosso trabalho, de forma geral, será a questão dos desafios urbanístico da cidade. O Centro da cidade, o problema da mobilidade urbana, a questão do trânsito, a paisagem e o desenho urbano são alguns dos elementos que irei trabalhar”, disse ele ontem.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.