Segunda-feira, 15 de Julho de 2019
Manaus

Artur reduz para 15 o número de secretarias municipais e realoca R$ 270 milhões

Segundo o prefeito de Manaus, as mudanças administrativas permitirão um enxugamento nos gastos, a distribuição das finanças para secretarias mais importantes e para a realização da Copa do Mundo da FIFA 2014



1.jpg Prefeito Arthur durante a coletiva que anunciou as mudanças nas pastas administrativas da sua gestão
01/08/2013 às 20:00

Com o objetivo de economizar gastos do administrativo municipal, o prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB) anunciou na tarde desta quinta-feira (1º) a redução do número de secretarias de 22 para 15, prometendo realocar R$ 270 milhões para ações específicas voltadas ao ajuste da cidade para receber a Copa do Mundo FIFA 2014. O quantitativo de 22 pastas municipais estava mantido desde a última gestão, do ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT).

Vinda após sete meses de gestão, a mudança administrativa, segundo Artur, tem o propósito de reduzir os gastos do executivo municipal. “Além de economia, a reforma vai permitir dar mais dinamismo à Prefeitura. Fica mais fácil dialogar com 15 secretários, o que não era possível com 22”, disse. Além da reforma, também foram realizadas mudanças dos titulares de alguns setores municipais, a nomenclatura de algumas pastas e a distribuição de funções nas secretarias restantes.

Segundo o secretário municipal de Finanças e Planejamento, Ulisses Tapajós, desde o início da gestão Artur Neto foram economizados R$ 270 milhões nas contas municipais. Esse montante, conforme o Prefeito, serão transferidos para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), a Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult) e a Secretaria Municipal Extraordinária para Requalificação do Centro (Semex).

Outro anúncio feito por Artur Neto foi a criação da Secretaria Municipal de Política Pública para Mulheres, que ainda não teve nome de secretário divulgado. Todos os secretários, o presidente da Câmara Municipal Bosco Saraiva (PSDB) e o vice-prefeito de Manaus e titular da Seminf, Hissa Abrahão Abrahão (PPS), também estavam presentes na coletiva.


*Colaborou com informações o repórter Lúcio Pinheiro

Confira a matéria completa na edição do Jornal A Crítica desta sexta-feira (2)

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.