Domingo, 22 de Setembro de 2019
Manaus

Artur se reúne com ministro da pesca e garante funcionamento de terminal em Manaus

A celebração do convênio, que inclui ainda o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), também prevê a instalação dos equipamentos necessários ao funcionamento do terminal pesqueiro



1.jpg A celebração do convênio, que inclui ainda o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), também prevê a instalação dos equipamentos necessários ao funcionamento do terminal
05/03/2013 às 20:26

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), esteve no final da tarde desta terça-feira no gabinete do ministro da Pesca em exercício, Átila Maia da Rocha, e de lá saiu com a garantia de que a administração do Terminal Pesqueiro de Manaus, localizado no bairro de Educando, Zona Oeste, ficará mesmo sob o comando do Governo Municipal.

A celebração do convênio, que inclui ainda o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), também prevê a instalação dos equipamentos necessários ao funcionamento do terminal como um digestor para tratamento de resíduos, os restos dos pescados não aproveitados que são jogados no rio. Os recursos, ainda indefinidos virão do Governo Federal.

O terminal pesqueiro de Manaus está pronto há quase dois e custou cerca de R$ 20 milhões. A inauguração não ocorreu por conta do impasse em saber quem irá administrá-lo e qual a instância de Governo que bancará os equipamentos. A partir desses acertos com o Ministério da Pesca e o Dnit, Arthur Neto acredita que em breve estará em funcionamento.

Além de servir para embarque e desembarque de pescados, armazenamento e outros processamentos de peixes, no terminal também funcionará a Secretaria Municipal de Abastecimento, Mercados e Feiras e Empreendedorismo, comandada por Jefferson Praia. Hoje, essa secretaria funciona em diversos lugares da cidade. Com a reunião dela em um só lugar, o prefeito diz que vai economizar principalmente com aluguel de prédios. As instalações e equipamentos da secretaria será por conta do Governo Municipal.

“Por mais que Manaus adquira ares metropolitanos, somos uma cidade ribeirinha. Portanto já passava da hora de termos um terminal pesqueiro funcionamento. Obra que está há muito tempo, passando de um prefeito a outro. Entrei na Prefeitura inconformado, mas agora vamos pôr para funcionar o mais depressa possível”, declarou Arthur.

Beneficiamento do pescado

Entre as conversas com o ministro da Pesca, em exercício, uma delas deixou o prefeito de Manaus empolgado: industrializar o jaraqui em lata, com se faz hoje com sardinha. “Muita gente não sabe, mas o jaraqui tem mais ômega 3 do que o salmão. Temos aí uma fortuna nas águas dos nossos rios, logo, temos que fazer essa fortuna virar negócio para beneficiar o povo amazonense e o Estado do Amazonas como um todo”, disse o prefeito. O projeto do jaraqui em lata deverá ser por meio de uma parceria público-privada (PPP).

Indústria Naval

No Ministério da Pesca também foi tratado sobre a indústria naval amazonense. O prefeito de Manaus e os deputados federais que o acompanharam contaram ao ministro que o governador Omar Aziz está trabalhando para fortalecer essa indústria no Amazonas. “Seria bom, de novo, juntarmos as três instâncias – Governos Federal, Estadual e Municipal – para ver o que se pode fazer com essa vocação natural que temos”, destacou o prefeito de Manaus. Arthur Neto lembrou que muitos países da Europa não importam peixes se forem pescados em barcos inseguros, insalubres. Se a indústria naval for fortalecida, essa preocupação desaparecerá.

Agenda

Amanhã, o prefeito Arthur Virgílio Neto tem audiência logo cedo, às 9h, no Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) para tratar da revitalização do centro histórico de Manaus; às 10h, estará no Ministério da Previdência Social, onde vai discutir com a equipe econômica do município e o ministro Garibaldi Alves Filho, o parcelamento da dívida de R$ 300 milhões da ManausPrevi; e às 15h30, tem audiência no Ministério da Agricultura, quando apresentará o projeto do cinturão verde para a cidade de Manaus.

 



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.