Publicidade
Manaus
Manaus

Assaltantes fecham a Av. Brasil, na Compensa, e roubam agência bancária usando metralhadoras

Ação orquestrada pela quadrilha teve direito a dois ônibus para bloquear a avenida e uma picape de luxo para a movimentação dos criminosos. Valor roubado ainda não foi identificado pela polícia 15/09/2014 às 23:12
Show 1
Bandidos assaltaram o banco Itaú da Compensa
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Um crime com ares cinematográficos aconteceu no fim da tarde desta segunda (15), na Av. Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. A principal via da região, onde fica a sede do Governo do Estado, foi palco da ação ousada de uma quadrilha, que usou dois ônibus e vários carros para roubar uma agência do Banco Itaú que funciona no local, próximo a uma loja da rede Força Construtiva.

Segundo testemunhas, dois ônibus fecharam os sentidos da viA por volta das 17h. Com o trânsito bloqueado, os assaltantes saíram dos veículos e rumaram para a agência numa picape modelo S-10 branca, placa ainda não divulgada. Armados de fuzis e metralhadoras, os bandidos quebraram os vidros do banco, ameaçaram os clientes e levaram malotes de dinheiro. O valor roubado ainda não foi identificado pela polícia.


Dois ônibus foram usados para bloquear a via (Divulgação)

A picape usada na chegada à agência foi abandonada, e a quadrilha passou a usar um carro esporte, modelo Polo, cor vermelha, na fuga. Apesar da presença de seguranças armados no banco, o poder de fogo da quadrilha acabou prevalecendo, e os ladrões fugiram sem maiores problemas. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), a cargo do del. Orlando Amaral. A picape usada na ação foi apreendida e encaminhada à Derfd. A polícia está fazendo um cerco na área para capturar os assaltantes.


Ação chamou a atenção de moradores da área (Divulgação)

Investigação

O delegado Orlando Amaral, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), acredita que o grupo se trata de uma quadrilha especializada em roubos de outro estado com braços no Amazonas. O valor levado pelo bandidos não foi informado até o publicação desta matéria. 

De acordo com ele, a agência já estava fechada quando os assaltantes chegaram e, por sorte, nenhum cliente fazia saques na hora do ocorrido. "Eles alugaram os ônibus dizendo que era para um velório. Em um determinado ponto do trajeto, eles renderam os motoristas e mandaram eles seguirem até o local indicado. Um dos carros ficou atravessado antes e o outro depois da agência", informou o delegado, que disse ainda que a ação dos bandidos durou poucos minutos, suficientes, no entanto, para render os funcionários que faziam o fechamento e pegar os malotes com toda a movimentação do dia.

Ainda segundo Amaral, os homens estavam munidos de armas de grosso calibre, parecidas com escopetas. Ele informou que pelo menos quatro homens entraram no banco e outros dois teriam dado cobertura, no entanto, ele não descarta a participação de outras pessoas. 

Publicidade
Publicidade