Publicidade
Manaus
Manaus

Assaltos à mão armada e arrombamentos continuam amedrontando lojistas do Centro

Apesar do policiamento, os lojistas do Centro da cidade ainda se sentem ameaçados pela criminalidade, que tende aumentar no período de fim de ano 23/12/2014 às 11:47
Show 1
Comerciantes pedem que polícia seja ainda mais atuante, já que os registros de roubos continuam sendo registrados
Joana Queiroz Manaus (AM)

Arrombamentos e assaltos a mão armadas nos estabelecimentos comerciais estão tirando a tranqüilidade dos lojistas do centro de Manaus. Nas últimas semanas pelo menos cinco estabelecimentos foram alvo dos ladrões. O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojista de Manaus (CDLM), Ralph Assayag disse que na semana passada levou a situação ao secretário de segurança Paulo Roberto Vital que prometeu tomar providências.

De acordo com Assayag as lojas são arrombadas sempre à noite, mas estão acontecendo assaltos à mão armada durante o dia. “Se isso está acontecendo é porque está acontecendo alguma falha na segurança”, disse o presidente da CDLM. Durante o dia o policiamento a pé que começou na semana passada, segundo Assayag, está dando certo e a clientela está se sentindo m ais seguro.

Uma das vítimas de arrombamento foi a Casa Verde na rua Henrique Martins. Os criminosos entraram pelos fundos, quebraram telhas e chegaram até o caixa da loja de onde levaram R$ 100 mil em espécie em notas de R$ 100, e R$ 50. O dono do estabelecimento Walf Ayub, 70, disse que no mês passada a loja foi assaltada por dois homens e uma mulher.

O comerciante demonstrou revolta. “As viaturas ficam paradas com os policias dentro no ar condicionado falando no celular”, disse.

Na semana passada, na noite de terça para quarta-feira a loja Citylar da rua Joaquim Sarmento, Centro, teve uma das suas portas da frente arrombada com pé de cabra. Os ladrões levaram cinco televisores e o prejuízo foi avaliado em mais de R$ 5 mil. Na noite de quinta para sexta-feira ladrões renderam o segurança do prédio da Receita Federal, na rua Marechal Deodoro, explodiram o caixa eletrônico do banco do Brasil e levaram todo o dinheiro, o valor não foi revelado.

Publicidade
Publicidade