Publicidade
Manaus
SOLIDARIEDADE

Assistente social doa sopa na data do aniversário para pessoas em hospital

Há dois anos, Carla Grijó usa o dia 15 de janeiro para ajudar o próximo e agradecer por mais um ano de vida. “É como se eu ficasse preparada para mais um ano de vida”, diz ela 15/01/2018 às 20:28
Show sopa
Fotos: Divulgação
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Usar a data do aniversário para semear o bem e inspirar o próximo é o que a assistente social Carla Grijó, 28, faz no dia 15 de janeiro. Ao invés de ganhar presentes, a jovem decidiu presentear voluntariamente as pessoas que estão no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste, com uma deliciosa sopa custeada por ela e amigos. “É como se eu ficasse preparada para mais um ano de vida”, diz ela.

A doação de sopa no hospital acontece há dois anos e reúne funcionários, pessoas que acompanham pacientes ou quem aguarda internação na unidade de saúde. Segundo Carla, a ideia é recente e ganhou mais força após o falecimento da avó no ano passado.

“Ela ficou internada algumas vezes e fez tratamentos em 2016. Ano passado ela faleceu. Nós recebíamos essa sopa no turno da noite e uma das coisas que ela pediu era pra que eu continuasse. Tem gente que fala que não tem nenhum tipo de alimento, então isso é algo gratificante”, disse ela, explicando que no ano passado a sopa rendeu 200 copos.

Carla conta que deixou de fazer festas de aniversário para realizar ações semelhantes. No ano passado, além de distribuir a tradicional sopa, ela promoveu uma ação em uma ONG no bairro Novo Reino. “Desde criança a gente teve essa realidade em casa. Sempre que pudemos, ajudamos instituições de caridade na Páscoa, no Natal, então é comum pra mim”.

Segundo ela, o preparo da sopa custa em torno de R$ 150 e o custo é arcado por ela mesma, que conta com a ajuda de amigos e parentes para comprar os materiais descartáveis, bem como servir às pessoas no dia 15 de janeiro.

“Eu mesma faço. A sopa tem que ser diferente e não pode ter muita gordura porque as pessoas que aguardam internação devem comer algo leve”, explica.

Para ela, ajudar pessoas no dia do próprio aniversário tem um significado maior que ganhar presentes. “A cada ação que a gente faz é uma lição. Com isso, eu me sinto preparada para mais um ano de vida. As pessoas me dão uma bagagem de várias coisas boas, falam coisas boas que você nunca imagina ouvir e parabenizam pela ação. Não tem preço que pague”.

Publicidade
Publicidade