Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019
NOVA ETAPA

Atendimento itinerante da Águas de Manaus chega ao São Geraldo nesta segunda (2)

Chamado de 'Vem com a gente', o projeto oferece serviços como mudança de titularidade, cadastro na tarifa social, religação, vistoria, substituição de hidrômetros, entre outros



Vem_com_a_Gente_servi_os__2__A0C240DA-B361-424E-9DCD-AC427A335B13.JPG Foto: Divulgação
01/09/2019 às 12:28

O projeto de atendimento itinerante “Vem Com A Gente” desenvolve suas atividades na zona Centro-Sul de Manaus há cerca de um mês. Após passar por Nossa Senhora das Graças e Adrianópolis, o programa começa a atender, a partir desta segunda-feira (2), o bairro de São Geraldo. O ponto de atendimento itinerante ficará concentrado no estacionamento da Faculdade Estácio de Sá, na avenida Constantino Nery, 3.693.

As equipes atendem os clientes no itinerante de segunda a sexta, no horário de 8h às 17h. No ponto de atendimento, é possível solicitar serviços como mudança de titularidade, cadastro na tarifa social, religação, vistoria, instalação e substituição de hidrômetros e novas ligações de água. O “Vem com a Gente” ainda facilita a negociação de qualquer débito que o cliente possua com a concessionária, oferecendo condições flexíveis, como o parcelamento, descontos à vista e pagamento em cartão de crédito.



Por todos os locais que o Vem com a Gente passou, os clientes que buscaram os serviços da concessionária ficaram satisfeitos. “Procurei o atendimento para solicitar uma ligação nova. É a primeira vez que eu tento solicitar a ligação de água, porque antes eu usava um poço na minha residência. Agora, pedi o desmembramento para poder utilizar o serviço da concessionária. Achei uma facilidade o fato das equipes itinerantes terem vindo até o bairro, me explicado todas as vantagens. Isso é essencial para quem vive em uma rotina corrida”, disse a empresária Jaini Franco, 26, moradora de Adrianópolis.

“Procurei o ponto de atendimento para trocar a titularidade da conta, que ainda estava no nome do meu falecido marido. Resolvi esse problema e fui muito bem atendida”, disse a aposentada Francisca Chagas, 74. A previsão é que o Vem com a Gente permaneça no estacionamento da Faculdade Estácio por cerca de 10 dias.

Paralelamente aos atendimentos, diversas equipes do projeto vão se espalhar pelas ruas do São Geraldo, indo de porta em porta para executar serviços que vão melhorar o abastecimento de água tratada na região. São estas equipes que executam extensões de rede e normalizam qualquer irregularidade encontrada.   

Benefícios

O São Geraldo será o 21° bairro visitado pelo projeto Vem com a Gente na cidade de Manaus. No total, mais de 460 mil pessoas já foram beneficiadas com os serviços do programa, que foi criado em agosto do ano passado, pela concessionária Águas de Manaus.

Entre as principais melhorias promovidas pelo Vem com a Gente, está a regularização da ligação de água mais de 14 mil residências na cidade. Cerca de 20 mil metros de novas redes de abastecimento de água tratada também já foram implantados pelas equipes do programa, beneficiando principalmente áreas como becos e palafitas, garantindo dignidade aos moradores destas regiões. 

“O Vem com a Gente vai de porta em porta nos bairros, comunidades, becos e ouve as demandas de quem mora ali. Assim, podemos trabalhar de maneira mais precisa, para resolver as demandas e melhorar a qualidade de vida da população. As concessionárias passadas não atenderam áreas como becos, palafitas. Mas, as pessoas precisam de água tratada nestes locais também. É por isso que o Vem com a Gente vai até elas. As pessoas desejam se regularizar e recebem bem nossas equipes.  Temos um cronograma para visitar todos os bairros da cidade”, destacou o gerente comercial da Águas de Manaus, Waldyr Vilanova.

Combate ao desperdício

Investir em melhorias como a extensão de rede nos becos e a regularização de ligações também ajuda a diminuir os índices de desperdício de água tratada na cidade. Desde que assumiu os serviços de água e esgoto em Manaus, a empresa vem atuando no combate as perdas e na conscientização da população sobre a regularização de água na capital. Hoje, 40% do volume captado do rio Negro e tratado acaba se perdendo por conta de irregularidades e mau uso da água.

Vale lembrar que uma rede de água irregular consome, em média, até quatro vezes mais do que uma ligação hidrometrada. “A ligação irregular pode causar problemas como vazamentos, pressão reduzida e comprometer a qualidade da água na região. A Águas de Manaus quer o melhor para o cliente e para a cidade. Por isso, sempre estamos dispostos a negociar e garantir que o cliente se regularize”, explicou o gerente comercial Waldyr Vilanova.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.