Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Manaus

Atendimento lento no Sinetram forma filas para recarregar 'carteirinhas' de transporte local

Poucos funcionários no atendimento a mais de 400 pessoas na manhã desta segunda-feira (9) revolta usuários do transporte público local, que precisam colocar créditos no cartão estudantil ou Passa Fácil



1.gif Fila para colocar créditos na carteira estudantil e no Passa Fácil, no Sinetram
09/02/2015 às 10:04

Na manhã desta segunda-feira (9), na sede do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram), no Centro de Manaus, onde é realizada a recarga de créditos do sistema de transporte coletivo local, muitas pessoas tiveram que testar a paciência para conseguir colocar crédito na carteira estudantil e no Passa Fácil. O motivo: poucos funcionários para atender mais de 400 pessoas.

Segundo a dona de casa Maria da Silva, de 65 anos, isso é uma falta de respeito com a população: "Pagamos tão caro por um serviço que não funciona. Não posso nem voltar para casa, porque preciso colocar crédito nas carteirinhas dos meus netos. Não tenho como pagar R$ 3 por cada passagem deles".




Para o industriário Carlos Martins, 44, é preciso que o Prefeito da capital veja de perto a situação. "Irei chegar atrasado no trabalho porque preciso colocar crédito. Agora como vou explicar isso lá? Esses funcionários não têm respeito por nós trabalhadores. Toda segunda-feira é essa mesma palhaçada. Não podemos mais nem colocar crédito dentro do terminal", desabafa.

De acordo com o um funcionário, que pediu para não ser identificado na reportagem, muitas pessoas estão procurando o Sinetram para fazer recadastramento no sistema, mas o mesmo só é feito pela Internet.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.