Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
ORAR E PROTESTAR

Ato de grupos evangélicos em Manaus pede retirada de faixas e cartazes contra políticos

Organizadores afirmam que ato é de celebração e não de manifestação; mesmo com orientação, cartazes pedindo intervenção militar e contra o STF podem ser vistos no local



ccpa_BAFAF815-56F6-41DB-A8EC-5A2FF9038BE4.jpeg Foto; Gilson Mello
07/09/2021 às 16:06

Tentando se diferenciar de outros eventos pró-governo Jair Bolsonaro neste dia 7 de Setembro, evangélicos de Manaus se reúnem no Centro Cultural Povos da Amazônia, a Bola da Suframa, na Zona Sul da capital, levantando a bandeira do 'apartidarismo'. De acordo com a diretoria da Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (OME-AM), o evento não tem características de manifestação.

"Não estamos aqui para reivindicar ou levantar bandeira de alguém, mas para celebrar os 199 anos independência do Brasil, tanto que nosso tema é 'Deus, Pátria, Família e Liberdade", afirma o pastor Olivelson Maia, membro da diretoria da OME-AM.

A busca por um evento 'sem partidos' reflete na atitude da organização do evento, que por vezes pediu para que placas atacando o Supremo Tribunal Federal (STF) e até o senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Pandemia, fossem guardadas. Para a OME-AM, o evento deveria ser apenas uma celebração, e por isso não está sendo realizado separado das demais manifestações na capital.

"Nós, evangélicos, preferimos nos reunir aqui porque sabemos que em outros locais, em outras manifestações, existem pessoas com seus próprios interesses. Aqui, nosso único interesse é orar por esse país e proclamar nossa fé", declara o pastor Olivelson Maia.

No entanto, mesmo com os pedidos para retirada de placas, ainda havia muitas delas espalhadas  pelo local. Algumas pediam a volta do voto impresso e até mesmo intervenção militar.

Segundo a OME-AM, o evento conta com a participação de aproximadamente 10 mil pessoas.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.