Publicidade
Manaus
Manaus

Auxiliar de geofísica é morto quatro meses após irmão gêmeo ser assassinado

Depois que o irmão foi morto, Damião Paulo se vingou e matou o suspeito do crime. Porém, agora, ele foi assassinado 26/12/2015 às 13:17
Show 1
Corpo da vítima foi recolhido pelo IML
JOANA QUEIROZ Manaus

O auxiliar de equipe de geofísica Damião Paulo Ramos, 26, foi executado com sete tiros enquanto bebia em um bar na rua N. S. da Conceição, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. Damião era suspeito de matar um homem.

O auxiliar de equipe de geofísica foi morto por volta das 21h30 da sexta-feira de Natal (25). A autoria do crime está sendo atribuída a um homem que estava na garupa de uma motocicleta, que parou em frente o bar. O carona desceu e fez os disparos.

Segundo familiares, o irmão gêmeo de Damião, o Cosme Ramos, também foi assassinado há quatro meses, por um homem identificado como “André Bocão”. Por vingança, Damião matou “André Bocão” e depois estava sumido da região.

A suspeita é que, agora, Damião foi morto porque ter matado “André Bocão”. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Publicidade
Publicidade