Publicidade
Manaus
MAUS CAMINHOS

Avião de Mouhamad Moustafa vai a leilão e dinheiro será revertido para a União

Em decisão que condenou envolvidos nos crimes da Maus Caminhos, juíza determinou leilão de veículos de luxo, lancha e alienação de imóveis de envolvidos 11/05/2018 às 13:42
Show aviao
acritica.com Manaus

Bens pertencentes ao empresário Mouhamad Moustafa, entre os quais um avião modelo Cessna XLS 500, prefixo PR-TRJ,  veículos de luxo e outros itens diversos serão leiloados. A determinação é da juíza federal Ana Paula Serizawa, na mesma decisão que condenou ele e outros três envolvidos nos crimes investigados na operação Maus Caminhos a um total de mais de 40 anos de prisão.  

De acordo com a decisão da juíza, os bens serão leiloados para que o dinheiro seja revertido para a União, uma vez que os recursos desviados eram de origem federal. Entre os bens de maior valor pertencentes a Mouhamad, apontado como líder da organização criminosa, estão, além do avião, três imóveis que serão alienados e o valor arrecadado será revertido para a União. 

O empresário perdeu, também, R$  119 mil em espécie, um veículo Mercedes Benz SLK, uma lancha, relógios de pulso e canetas de luxo. Todos esses materiais foram apreendidos durante as ações da operação Maus Caminhos, que revelou um esquema de desvio de verbas federais destinadas à Saúde do Amazonas.

Jennifer Nayara Yochabel Rufino Corrêa da Silva, condenada a mais de 10 anos de prisão, perdeu para a União R$ 124 mil,  quatro automóveis, um imóvel e bolsas e joias de luxo.  Já Priscila Marcolino ficou sem os R$ 12 mil apreendidos durante a operação e sem seus dois veículos de luxo: um Mitsubishi ASX 2.0 e uma BMW X6.

Alessandro Viriato Pacheco, por sua vez, ficou sem R$ 35 mil em espécie e sem relógios e joias, bens que, segundo a juíza, foram adquiridos por meio da organização criminosa.

Além dos bens  dos condenados, a juíza determinou ainda que os R$ 240 mil apreendidos com James Allan Cristian Rufino Correa da Silva, irmão de Jennifer Nayara, ficassem com a União, por terem sido oriundos de crime.

Publicidade
Publicidade