Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Manaus

Balanço da SSP-AM aponta oito mortes violentas durante o Carnaval

Em comparativo, todos os delitos registrados obtiveram queda significativa



1.jpg Os números foram registrados das das 18h da última sexta-feira (08), até às 6h desta quarta-feira de cinzas (13)
13/02/2013 às 19:42

Oito homicídios foram registrados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) durante o feriadão de Carnaval, no período das 18h da última sexta-feira (08), até às 6h desta quarta-feira de cinzas (13). A SSP também registrou cinco tentativas de homicídio, neste mesmo período. Em comparativo, todos os delitos registrados obtiveram queda significativa.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), foram registradas entre a última sexta-feira (08/02) e esta terça-feira (12/02), 27 mortes em Manaus. Entre elas seis por arma de fogo, duas por arma branca, duas por choque elétrico e uma vítima de acidente de trânsito.

Se comparado ao ano passado durante o mesmo período, houve uma queda de 57% nos casos. O domingo (10) foi quando houve o maior número de registro de mortes violentas. Ao todo foram três, entre elas, a morte de Luiz Donaldo dos Santos, de 51 anos, foi encontrado no Hotel Sol II, localizado na Rua José Paranaguá, Centro de Manaus. Durante a segunda-feira (11), não foi registrado nenhum homicídio.

Não houve também registro de morte com características de latrocínio foi registrado pela secretaria, durante este período, repetindo as mesmas estatísticas do ano passado.

Os maiores números são registrados em furtos e roubos, foram 290 e 287, respectivamente, com uma queda de 34,5% e 25,6%. Além das lesões corporais dolosas, onde foram informados 211 casos, onde também houve diminuição de 40,4%.

Operação Carnaval 2013

Na Operação Carnaval 2013, o sistema de Segurança Pública do Amazonas contou com cerca de 7 mil servidores, entre policiais militares e civis, bombeiros e agentes do Detran-AM, que atuaram durante as festividades em todas as zonas da cidade, cobrindo os eventos carnavalescos com maior público, incluindo bandas de rua, Desfile das Escolas de Samba e Carnaboi.

Somente a Polícia Militar destinou diretamente cerca de 4,5 mil policiais em Manaus, do Batalhão Especial de Eventos, criado este ano especificamente para atender as festividades do período de Carnaval.O novo batalhão é formado por policiais que atuam na área administrativa e alunos-oficiais, que fizeram policiamento nos eventos de rua, como as bandas de Carnaval. No interior, a Polícia Militar também intensificou o policiamento, com reforço nos municípios de Tefé, Maués, Parintins e Presidente Figueiredo.

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, este ano um dos diferenciais da Operação Carnaval 2013 é o programa Ronda no Bairro, que já cobre toda a cidade e que reforçou o trabalho realizado pelo Batalhão de Eventos.Além do Ronda no Bairro, o secretário destacou o planejamento de segurança feito para o período, por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que reuniu todas as instituições públicas envolvidas na operação de segurança pública durante do Carnaval.

“Nós atribuímos esse resultado a um planejamento bem articulado entre as polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e Detran. Além é claro da estrutura que o governador Omar Aziz montou com o programa Ronda no Bairro, com equipamentos e delegacias a contento da população”, destacou o coronel Vital.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.