Sábado, 16 de Novembro de 2019
Manaus

Bandidos assaltam ônibus com mais de 50 pessoas que faria uma viagem de Manaus até Boa Vista

Segundo vítimas, os assaltantes desviaram a viagem para a avenida do Turismo, onde pararam o veículo e fugiram com todos os objetos roubados



1.jpg Funcionários da rodoviária reclamaram das condições de segurança no local
02/01/2015 às 09:40

Mais de 50 pessoas que estavam em um ônibus que faria uma viagem de Manaus até Boa Vista (RR) foram assaltados na noite de terça (30) para quarta-feira (31), na Zona Oeste de Manaus. Os passageiros ficaram em pânico.

De acordo com uma vítima que preferiu não ser identificada, ela veio de Goiânia para passar a virada do ano com a família em Roraima, e comprou a passagem na Rodoviária de Manaus, localizada na avenida Torquato Tapajós. Ela disse que o ônibus saiu do local por volta das 20h e poucos metros depois, um homem anunciou o assaltou, enquanto outros três homens abordaram os passageiros e pegaram todos os objetos pessoais. Todos eles estavam armados.



Os assaltantes ainda desviaram a viagem para a avenida do Turismo, onde os assaltantes pararam o veículo e fugiram com todos os objetos. Ainda segundo a vítima, a ação dos bandido durou pouco mais de 30 minutos. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Falta de segurança

Funcionários das empresas de transporte na Rodoviária reclamaram da falta de policiamento no local. Segundo o agente de transporte Michael Mota, neste período do ano, há um aumento nas vendas de passagens, mas a falta de segurança também aumenta nessa época, o que também foi confirmado pelos passageiros que aguardavam para viajar e se sentiram inseguros. “Nesse período registramos os maiores índices de vendas de passagens de ônibus que em outros períodos. Infelizmente, está difícil ver policiamento nesta área”, criticou o agente de transporte.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.