Publicidade
Manaus
Manaus

Bandidos matam vítima com um tiro na cabeça ao tentarem roubar aparelho celular, em Manaus

Homem estava trabalhando e esperava carregamento de areia que levaria para a obra da empresa. Bandidos pediram celular e atiraram quando o aparelho caiu no chão 26/08/2015 às 11:56
Show 1
Vítima estava na esquina esperando o carregamento de areia
Édria Caroline Manaus

Jacob da Silva Prata, de 33 anos, foi vítima de um latrocínio na manhã desta quarta-feira (26), em Manaus, e morreu após ser baleado com um tiro na cabeça. Ele estava na rua Jericó, comunidade Jesus Me Deus, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte, quando foi surpreendido pelos criminosos.

A vítima estava trabalhando e esperava um carregamento de areia que levaria para a obra da sua empresa, na mesma rua. Segundo testemunhas, Jacob estava sentado na esquina, esperando esse carregamento, quando dois homens chegaram de carro e o abordaram pedindo o celular.

Os bandidos estavam em um veículo modelo Fiat Pick-Up, de cor prata e placa ainda não identificada. Em determinado momento, ainda de acordo com testemunhas, o celular da vítima caiu e os assaltantes o atingiram com um tiro na cabeça.

Segundo policiais da 18ª Companhia Interativa Comunitária, horas antes da morte de Jacob um carro também modelo Fiat já havia assaltado duas pessoas na mesma comunidade. O caso será investigado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e até o momento ninguém foi preso.

Conforme a delegada Rita Tenório, titular do 18º Distrito Integrado de Polícia, responsável por aquela área, o celular de Jacob não foi levado pelos assaltantes. Apesar disso, o crime será considerado como latrocínio porque houve, segundo ela, abordagem e homicídio.

Publicidade
Publicidade