Publicidade
Manaus
TRANSTORNO

Remoção de barro da BR-174 após queda de barranco deve seguir pela tarde

Acidente ocorreu no sentido Manaus-Presidente Figueiredo, minutos depois que uma árvore também caiu. Trânsito no local ficou bastante prejudicado por conta do barro 23/01/2019 às 12:59 - Atualizado em 23/01/2019 às 13:07
Joana Queiroz Manaus

Um barranco de aproximadamente 30 metros de altura desmoronou, na manhã  desta quarta-feira (23), na altura do  quilômetro 46 da BR-174, que liga Manaus a  Boa Vista, capital de Roraima. O barro veio acompanhado de árvores de pequeno porte e tomou conta da via no sentido Manaus-Presidente Figueiredo. Os trabalhos de remoção do barro devem seguir pela tarde. 

De acordo com o chefe de obras da empresa Parvinge Engelharia Ltda, responsável pela manutenção daquele trecho da BR, Raimundo Carvalho,60, é que por volta das 8h caiu uma árvore de grande porte que interditou a as duas vias e foi imediatamente retirada pelos operários. No entanto, logo em seguida, caiu o barranco, jogando grande quantidade de barro na estrada e impedindo o trânsito.

Por volta do meio-dia os operários tentavam desobstruir a via. Usando enxadas, eles tinham dificuldade de realizar a retirada do barro. Carvalho afirmou que a empresa acionou uma pá mecânica para o serviço. O trabalho deve seguir pela tarde. 

De acordo com os operários o desmoronamento foi provocado pelo excesso de chuva das últimas semanas. No Km 9, outra árvore caiu e interditou a via no sentido Presidente Figueiredo-Manaus. Os locais foram sinalizados com cones para evitar acidentes. Algumas carretas tiveram dificuldades para passar pelo local do desmoronamento devido ao barro liso que escoava pela pista.

“Esse é um problema causado pela natureza e não tem como evitar”, sustentou Carvalho. De acordo com ele, a contenção de descoramento  é feita com a plantação de capim nas nos barrancos do encosto da estrada.

Publicidade
Publicidade