Publicidade
Manaus
ACIDENTE

Barranco em canteiro de obras desaba na comunidade Santa Cruz e faz vítima fatal

Eduardo Vítor Maués, 25, e Altemir dos Santos Figueira, 34, estavam auxiliando em um serviço de drenagem no local quando uma porção de terra se deslocou, soterrando os trabalhadores 05/04/2016 às 18:34 - Atualizado em 06/04/2016 às 10:56
Show 3
O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar as vítimas e unidades do Samu foram ao canteiro de obras para prestar primeiros socorros (Foto: Divulgação)
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Um desabamento em um barranco na comunidade Santa Cruz, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, soterrou duas pessoas na tarde desta terça-feira (5). Uma das vítimas morreu no local.

Eduardo Vítor Maués, 25, e Altemir dos Santos Figueira, 34, estavam auxiliando em um serviço de drenagem feito no local, que fica atrás do condomínio João Bosco e que atualmente serve como canteiro de obras de um empreendimento imobiliário. Por volta das 15h20, uma porção de terra se deslocou durante o serviço, soterrando os trabalhadores.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar as vítimas e unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram ao canteiro de obras para prestar primeiros socorros e encaminhá-los a unidades hospitalares. De acordo com o Samu, Eduardo foi a óbito no local. Ele tinha entrado em parada cardiorrespiratória por conta do incidente.

O Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto informou que Altemir deu entrada no local com um quadro de pneumotórax, isto é, com ar dentro da membrana que envolve o pulmão, mas que ele já foi atendido, se encontra com quadro de saúde estável e deve permanecer internado na enfermaria da unidade.

Por meio de nota, a Construtora ENGECO esclarece que o acidente envolvendo dois dos seus empregados "se deu em circunstâncias ainda inexplicáveis, que estão sendo apuradas por seu corpo técnico em segurança do trabalho e os órgãos de fiscalização".

"Infelizmente, um dos trabalhadores veio a óbito e o outro ainda se encontra internado em estado estável. Sendo disponibilizada assistência ao sobrevivente e familiares", conclui o comunicado, assinado pela diretoria.

Publicidade
Publicidade