Publicidade
Manaus
INVESTIGAÇÕES

'Batoré' é preso e confessa ter participado de assalto a joalheria no Manauara Shopping

Ele foi o quarto envolvido no crime preso pela polícia. Crime ocorreu em julho e causou pânico entre lojistas e clientes por conta dos tiros disparados 01/11/2017 às 10:44 - Atualizado em 01/11/2017 às 11:03
Show whatsapp image 2017 11 01 at 10.29.46
'Batoré' foi preso quando estava na casa da companheira, no Jorge Teixeira (Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus

Ezequias da Silva Cordeiro Júnior, 21, mais conhecido como "Batoré", foi preso no início desta semana em Manaus apontado pela Polícia Civil como o quarto elemento que assaltou uma joalheria no dia 26 de julho deste ano dentro do Manauara Shopping, localizado na Zona Centro-Sul da capital.

Na ocasião, os criminosos efetuaram diversos disparos de arma de fogo dentro do centro de compras, roubaram joias avaliadas em R$ 600 mil e causaram um verdadeiro pânico a lojistas e clientes.

"Batoré " foi preso na última segunda-feira (31), na residência da companheira dele, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. Em depoimento ele confessou ter participado do crime, no entanto negou que tivesse feito os disparos.

Segundo o delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), ainda restam duas pessoas a serem presas. Ezequias já tinham passagem por tráfico de drogas e foi indiciado por roubo.

De acordo com o delegado, as investigações em torno do assalto à joalheria ainda estão em andamento.

Publicidade
Publicidade