Publicidade
Manaus
REAÇÀO ALÉRGICA

Bebê de 5 meses morre em hospital de Manaus após receber injeção

Para os pais, o remédio provocou reação alérgica na criança. O menino, que estava com pneumonia, começou a ficar roxo e com dificuldades para respirar 29/04/2017 às 19:51 - Atualizado em 29/04/2017 às 20:23
Show abcdcdba 489d 45c0 87fe fa6abd13ca43
Foto: Clovis Miranda
Joana Queiroz Manaus (AM)

O bebê de 5 meses de idade Vitor Manoel Batista Nascimento morreu na noite desta sexta-feira (28), em Manaus, no Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, o Joãozinho, após receber uma medicação por injeção que teria provocado reação alérgica nele. O relato é da mãe da criança, a dona de casa Rosinete da Silva Batista, 29.

“O meu filho estava melhor e deveria receber alta hoje, mas morreu uma hora e meia depois de ter tomado a medicação”, disse a mãe. Rosinete contou que o bebê adoeceu na última segunda-feira (24). Ele apresentou sintomas de virose, febre, tosse e cansaço. No mesmo dia, ela o levou ao pronto-socorro, onde ele foi medicado e mandado de volta para casa.

Ainda de acordo com a mãe, dois dias depois, na quarta-feira (25), o menino voltou a ter os mesmos sintomas, desta vez mais fortes. Ela retornou ao Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, onde a criança foi submetida a exames e o diagnóstico foi de pneumonia. Por conta disso, os médicos resolveram interná-lo.

Com os cuidados, Vitor Manoel apresentou melhoras e a pediatra que o visitou na tarde de sexta-feira (28) disse que ele poderia receber alta na manhã de hoje, sábado (29), conforme os relatos da mãe. Porém, por volta das 21h de ontem, uma enfermeira passou pela enfermaria medicando as crianças e aplicou uma injeção no pequeno Vitor Manoel.

A mãe, Rosinete, disse que minutos depois o menino começou a ficar roxo e com dificuldades para respirar. Ele foi retirado da enfermaria e levado para a sala de reanimação. Os médicos ainda fizeram uma traqueostomia - procedimento cirúrgico na traqueia que auxilia a respiração através de aparelhos –, mas de nada adiantou e o menino acabou morrendo.

A busca por respostas

Para os pais, foi a medicação aplicada às 21h que matou o menino. Na certidão de óbito consta que a causa da morte de Vitor Manoel foi insuficiência respiratória aguda grave, bronco aspiração e broncopneumonia.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) por meio de telefone e e-mail da assessoria de imprensa, porém até a publicação desta matéria não obtivemos resposta. 

Publicidade
Publicidade