Publicidade
Manaus
CONFUSÃO

Belarmino Lins critica imbróglio por posse de Amazonino na ALE

Para o parlamentar, que é segundo vice-presidente da Casa, situação poderia ser resolvida de maneira diferente, mas já é "matéria superada" 04/10/2017 às 10:42 - Atualizado em 04/10/2017 às 11:15
Show whatsapp image 2017 10 04 at 10.22.41
Sessão da ALE estava marcada para as 9h, mas ainda não começou (Foto: Clóvis Miranda)
Geizyara Brandão Manaus

"Acho que isso é matéria superada", declarou o 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), Belarmino Lins (PROS), sobre o impasse na posse do governador diplomado Amazonino Mendes (PDT) na manhã desta quarta-feira (04).

Lins explica que já foi até definido para as 11 horas a posse. "Nós poderíamos ter construído um tempo diferente da posse do governador eleito pelo povo", disse o parlamentar, que está há 27 anos no cargo de deputado.

O parlamentar, que já foi presidente da ALE,  lembrou das posses anteriores de governadores do Amazonas que ocorreram no Teatro Amazonas e Centro de Convenções Vasco Vasques. "Foi necessário que o poder legislativo transferisse a sua sede para essas instalações em razão da magnitude do momento", contou.

Segundo o parlamentar, o presidente da ALE-AM, Abdala Fraxe, já se encontra na Casa Legislativa.

LEIA MAIS

Tribunal de Justiça nega recurso da ALE e determina posse imediata de Amazonino

Amazonino Mendes anunciará após cerimônia de posse 15 novos secretários

Apoiadores de Amazonino e David Almeida disputam espaço nas galerias da ALE

Reitor da UEA adia cerimônia na Assembleia para conceder espaço à posse de Amazonino

Robério e Denilson acertam transição

Tentaram aplicar um golpe, diz Silas Câmara

Publicidade
Publicidade