Publicidade
Manaus
INSEGURANÇA

‘Bola do Produtor’ é revitalizada, mas praça é inacessível para a população

Espaço foi totalmente revitalizado pela Prefeitura, mas chegar até lá significa pôr em risco a própria vida 14/12/2018 às 21:15 - Atualizado em 15/12/2018 às 08:32
Show bola ffd364ab f583 40f6 8eb6 80f077aff41b
Cada travessia no trecho é uma ‘carreira’ que o pedestre tem que dar para evitar ser atingido por veículos em alta velocidade. Foto: Euzivaldo Queiroz
acritica.com Manaus (AM)

Transformada pela Prefeitura em um passeio público, a rotatória  “Bola do Produtor”, localizada na convergência entre as zonas Norte e Leste de Manaus, é considerada pela população um perigo na hora da travessia.

O local foi recentemente revitalizado, ganhando uma  Árvore de Natal de decoração, um novo paisagismo e áreas para caminhada, melhorias estas impossíveis de serem contempladas de perto por conta da dificuldade no acesso.

Carros, micro-ônibus alternativos, bicicletas, ônibus e caminhões fazem parte do intenso fluxo no trânsito, que piora nos horários de picos.

O vigilante Paulo Bastos de 50 anos, por exemplo, é um dos pedestres que passam por perto da rotatória todos os dias. Segundo ele, é impossível fazer a atividade de caminhada e contemplar o novo ambiente pela quantidade de veículos.

“Ninguém caminha porque é completamente perigoso. É bem difícil de atravessar. Faixa de pedestre só há em frente ao shopping Felippe Daou ou em frente de um colégio localizado lá em baixo”, afirma.

A servidora pública, Luzinete Lima de 45 anos, chama a travessia de pedestres na Bola do Produtor de “prova do fogo”. “Vejo como o trânsito aqui é uma bagunça. E vejo como os amarelinhos são os mais imprudentes, nem dar o sinal eles dão. Todo o cuidado aqui é pouco porque atravessar é uma luta”.

O vigilante José Augusto, de 53 anos, diz que há “dificuldade” dos motoristas respeitarem o pedestre. “Era pra ter um sinal aqui. É perigoso demais para atravessar, tem faixa de pedestre, mas é difícil os carros pararem. Seria bom (ter) uma passarela em frente à Caixa Econômica, facilitaria”, sugere.

Para condutores o trecho também é problemático. O taxista Raimundo Cardoso, de 46 anos, conhece bem a área e diz que já viu muitos acidentes. “Por aqui, nessa rotatória, todos os dias eu presencio acidente. É realmente complicado, fora que os pedestres atravessam correndo, eles correm risco a qualquer momento. Para eles acessarem esse meio, a travessia é perigosa. Precisa mais sinalização”, ressalta.

CTB veta faixas

Em nota, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), ressaltou que, em atenção ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), não há sinalização para pedestres prevista para a Bola do Produtor, por se tratar de uma rotatória.

A Prefeitura lembrou que as atividades esportivas antes realizadas na Bola do Produtor foram remanejadas para o shopping Phellipe Daou. O “Aulão de Aeróbica e Ritmos”, por exemplo, teve uma pausa durante o mês de dezembro e retorna a partir de janeiro 2019.

‘Alças diminuem o  fluxo’

Quanto a possíveis novas intervenções viárias no trecho, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou que irá analisar essa necessidade, uma vez que, com a entrega de quatro novas alças de retorno no local, a expectativa é de que dois mil carros deixem de usar a rotatória em horário de pico.

Prefeitura de Manaus: uma praça ‘mais moderna’

A revitalização da rotatória faz parte do Plano Obras de Verão da prefeitura, que afirma ter transformando o local em uma praça mais moderna.  Entregue à população na última segunda-feira, a praça possui mais de cinco mil metros quadrados, recebeu calçadas concretadas, pintura, iluminação a LED, além de 10 mil mudas ornamentais nos 12 canteiros existentes na rotatória e ainda serviço de recapeamento.

Publicidade
Publicidade