Sábado, 16 de Novembro de 2019
PROJETOS DA ZFM

Bolsonaro participa de reunião da Suframa em Manaus nesta quinta-feira (25)

Superintendente da Suframa confirmou participação do presidente e do ministro da Economia, Paulo Guedes, na primeira reunião do CAS deste ano



bolsonaro2-3_7B5D4578-89A2-44B7-ADDF-4DA9BA3BE3BA.jpg Foto: Reprodução/Internet
19/07/2019 às 21:15

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, confirmou ontem que o presidente Jair Bolsonaro (PSL), e ministro da Economia, Paulo Guedes, participarão da 287ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS) na próxima quinta-feira às 10h na sede da Suframa.

O superintendente também informou que, na reunião do CAS, serão analisados 88 projetos industriais e de serviços, sendo 26 de implantação, que preveem investimentos de cerca de US$ 650 milhões e a geração de quatro mil empregos diretos no Polo Industrial de Manaus (PIM) nos próximos três anos.



Menezes explicou que a primeira reunião do CAS em 2019 está ocorrendo somente em julho devido à espera pela publicação do decreto presidencial que regulamentaria a nova composição do conselho, o que ocorreu no dia 10 de julho, por meio do Decreto nº 9.912. “Por isso a reunião só pode ser realizada agora, com o conselho plenamente implementado. Mas o importante é que será uma reunião histórica, com a presença de um presidente da República pela primeira vez em mais de dez anos e investimentos e anúncios relevantes”, afirmou.

A visita de Bolsonaro ao Estado do Amazonas, na avaliação de Menezes, coloca a Zona Franca de Manaus (ZFM) no centro de atenções do Brasil e do mundo e dissemina uma mensagem de que ela é estratégica para o País e de que a Suframa está avançando no resgate de seu protagonismo no âmbito regional.

BR-319

O superintendente ressaltou que a visita do presidente poderá trazer novidades positivas com relação à rodovia BR-319. “A BR-319, devido à sua importância capital para a nossa região, também está na pauta e o presidente vai trazer as atualizações necessárias. Estamos vendo com bons olhos o destravamento das barreiras ambientais, que neste momento são o principal desafio que temos antes da fase de engenharia e da fase orçamentária”, disse.

Ele informou que o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) será um tema  no encontro com o presidente. “Apresentamos há três semanas uma nova proposta de organização para o CBA, baseada na busca de condições para que a própria sociedade, os investidores e os empresários possam realizar negócios e criar um modelo sustentável, sem dependência maciça de recursos públicos. Nossa ideia é gerar investimentos saudáveis com organizações sólidas que queiram investir aqui e gerar emprego e renda a partir da nossa biotecnologia”, disse Menezes.

No final de abril, o governo Bolsonaro revogou edital do Chamamento Público nº 2/2018 vencido pela Aliança de Bioeconomia da Amazônia (ABio) – formada por 11 entidades de pesquisa, inovação e tecnologia – para administrar o CBA. A ABio era composta por instituições como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam); Universidade do Estado do Amazonas (UEA); Instituto Federal do Amazonas (Ifam); Fundação Amazonas Sustentável (Fas); Universidade Nilton Lins; dentre outras.

“O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, inclusive, estenderá sua passagem por Manaus após a reunião do CAS para tratarmos sobre o tema CBA e encontrarmos uma solução definitiva”, disse Menezes

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.