Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
carreata

'Bolsoneco' é erguido por manifestantes em ato de apoio a Bolsonaro em Manaus

Manifestação bolsonarista também foi registrada em outras cidades do País. Em Brasília, os manifestantes furam o isolamento social e se aglomeram em frente ao Museu da República, e da Catedral de Brasília. Há registro de violência em alguns atos



des_7068BC0C-9A1F-44B8-BCAA-B215F122DEA6.JPG Foto: Aguilar Abecassis
03/05/2020 às 14:39

Com um boneco gigante da imagem do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), chamado, Bolsoneco, Lideranças de movimentos de direita do Amazonas realizaram uma carreata neste domingo (3), em apoio ao Presidente e " contra as ingerências do Supremo Tribunal Federal (STF) e possível golpe de Estado praticado pela corte suprema". Prefeituráveis de direita que já participaram de manifestações do mesmo tipo desistimulvam o evento.

Em meio pandemia do Covid-19, com o Estado do Amazonas passando dos 6 mil casos e mais de 500 mortes pelo o novo Coronavírus, apoiadores do presidente do Brasil, se encontraram na frente da Arena da Amazônia , às 12h, e saíram em direção ao Anfiteatro da Ponta Negra, onde foi o término do ato de apoio.



Segundo, Sérgio Kruke do Movimento Conservador Amazonas, as interferências (uma das causas da carreata), foi o Supremo Tribunal Federal (STF) ter impedido a nomeação de Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da Polícia Federal.

"As interferências foram a liminar proibindo o Presidente de nomear o chefe da PF que é prerrogativa dele, e também da expulsão dos diplomatas venezuelanos do Brasil, que foi indeferido por um Ministro do STF. Um poder causando uma possível ruptura na democracia", explica o ativista, que também comenta sobre o que seria o 'golpe de Estado', outra razão pela a carreata ter ocorrido. " Golpe de Estado, pois estão tirando os poderes do chefe da República, através do judiciário", afirma.

A manifestação bolsonarista, também foi registrada em outras cidades do País. Em Brasília, os manifestantes furam o isolamento social e se aglomeram em frente ao Museu da República, e da Catedral de Brasília.

Em Manaus, além do Movimento Conservador Amazonas, outros movimentos de direita participaram da carreata como: Advogados Pró Bolsonaro, Endireita Amazonas e Mulheres Conservadoras Amazonas.

No carro de um participante estava escrito no para-brisa traseiro:" #Fechado com Bolsonoro". Os apoiadores gritavam palavras de ordem e carregavam bandeiras do Brasil e Amazonas.

Moradores de um prédio da Ponta Negra, zona Centro Oeste de Manaus, estenderam bandeiras do Brasil, na faixada da residência, respondendo as buzinas dos carros que participavam da carreata.

A manifestante, Fabíola, 41, se fez presente a carreata para demostrar, segundo ela, que está ' fechada' com o Presidente da República.

"Demostrar que nós brasileiros, patriotas, queremos o bem da nação e estamos fechados com o Bolsonaro, esse é o propósito. Eles dizem que querem cumprir a Constituição, mas eles não fazem. O STF quase forjou todos os direitos dele como Presidente da República. Eles mesmo estão criando a bagunça e querem impor essa bagunça a nós. A gente só quer o bem. Nós não temos malvado e favorito. No dia que o Bolsonaro não fizer o certo, nós mudaremos de posição, mas, enquanto ele estiver mostrando fidelidade, querendo o bem, nós estaremos fechado com ele", disse.

Prefeituráveis desaprovam

O vereador Chico Preto (DC), que apoiou a manifestação pró-governo do dia 15 de março, desta vez, classifica como incoerência e avalia a ação como ' uma leitura da política equivocada'.

"Acho que há uma incoerência entre o discurso e a ação da turma que está encampando essa carreata. Lá atrás, bem no início da pandemia do coronavírus, quando uma manifestação pró-governo aconteceu porque já estava marcada desde o início do ano, eles foram contra. Agora, no nível mais crítico da pandemia eles marcam uma ação? Penso que fazem uma leitura política equivocada. Com certeza o presidente, que é um cara desapegado de vaidades, espera que seus apoiadores ajudem, neste momento, com atitudes de solidariedade a enfrentar os efeitos sociais decorrentes da pandemia do coronavírus", enfatiza.

Depois de chamar Coronavírus de 'vírus chinês', durante anúncio de aflição ao PRTB e oficialização de pre-candidatura à Prefeitura de Manaus, o presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), Josué Neto, disse que é a favor da recomendação do 'fica em casa'.

"Sou a favor da recomendação do protocolo internacional e movimento popular #ficaemcasa.Mas, também entendo que se não há aglomerações e as pessoas fiquem dentro dos seus veículos, entendo que não há prejuízo para a saúde de ninguém", finaliza.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.