Sábado, 21 de Setembro de 2019
SOLIDARIEDADE

Bombeiro militar do AM realiza 100ª doação de sangue em ação solidária

Campanha 'Atleta Doador' reuniu centenas de voluntários no Hemoam, neste sábado (10). Bombeiro aproveitou evento para bater próprio recorde



souza_E66CD3FB-CCFE-4DA6-A4CA-1F3AE3B429E9.JPG Foto: Raine Luiz/A Crítica
10/08/2019 às 14:39

A campanha "Atleta Doador" era a convocação que o bombeiros militar Sidney Luiz, de 55 anos, esperava. Na manhã deste sábado (10), ele vestiu o uniforme disposto a quebrar mais um recorde: realizar 100 doações de sangue.

Natural de Belém, a maratona de doações de Sidney começou como todo início de exercício, com dificuldades. A dor, entretanto, não era física, mas de ter um amigo baleado precisando de ajuda. O episódio aconteceu em 1992 e, desde então, o bombeiro pegou gosto pela prática. 

Como todo bom atleta, Sidney foi estabelecendo suas metas - e ultrapassando todas elas. Quando começou a doar ele tinha o sonho de tornar-se um doador prata, título de quem ultrapassa as 20 doações. Para isso, ele estabeleceu uma rotina: uma doação a cada dois meses.

Da prata, ele correu para alcançar o ouro, adquirido quando realizou 30 doações. No topo do pódio, Sidney foi premiado como doador diamante quando passou das 50 doações, o que, claro, não foi o suficiente. Durante a campanha deste sábado (10), realizada no Hemoam (Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Amazonas), foi preciso criar uma nova categoria de premiação para a marca alcançada por ele.

"Em relação a minha centésima doação, eu me sinto realizado. Nem todo dia a gente consegue uma proeza dessas e espero que outras pessoas possam seguir meu exemplo. Esse gesto salva muitas vidas", disse.

O gesto de Sidney já salvou muitas vidas. Parte dessas histórias ele conheceu no dia 14 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue. Na ocasião, o bombeiro foi homenageado na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) e conheceu adolescentes curados de leucemia e outros beneficiados por suas transfusões.

Sidney Luiz bateu o maior dos recordes, mas já adiantou que não vai parar por aqui. "Eu compareço ao Hemoam de dois em dois meses, devido a falta de conhecimento de algumas pessoas que deixam de comparecer para fazer uma doação", completou.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.