Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
NAUFRÁGIO

Bombeiros encontram corpos de vítimas de naufrágio em Silves

Manuel Carvalho de Almeida e Manoel Viana Fernandes estavam desaparecidos desde sábado (11), após a lancha em que eles estavam naufragar no rio Urubu



Capturar_99691A82-B767-430A-9C9B-0A94A9E478C5.JPG Foto: Divulgação
12/05/2019 às 19:54

Os corpos de Manuel Carvalho de Almeida e Manoel Viana Fernandes, que estavam desaparecidos desde a noite do último sábado, após um naufrágio ocorreu próximo à comunidade São Lázaro do Taperebatuba, próximo ao município de Silves (à 204 km de Manaus),  foram encontrados no início da noite deste domingo (12), pela equipe de mergulho do Corpo de Bombeiros. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da corporação.

Conforme apurado pelo A Crítica, um amigo das vítimas que solicitou sigilo da fonte, informou que a dupla e mais cinco homens voltavam de uma comemoração na comunidade de Taperebatuba quando, em certo ponto do trajeto, a lancha em que estavam virou e afundou. Ele ainda afirmou que a embarcação não teria colidido com nenhum objeto. Não foram revelados mais detalhes de como o corpo foi encontrado.



Um dos rapazes que estava na lancha contou que não houve resgate e que eles chegaram na margem nadando pelo Rio Urubu. Segundo ele, no grupo também estava um coronel da Polícia Militar do Amazonas.

O Corpo de Bombeiros do município de Itacoatiara (a 176 km de Manaus) havia deslocado mergulhadores para ajudar nas buscas.

News wal 0488c851 da85 434c afa9 e1a895689bb3
Repórter de A Crítica
Jornalista formada em 2014 pela Uninorte e pós-graduanda em Gestão de Redes Sociais e Marketing Digital pela Fametro, começou em A Crítica como repórter de esportes em 2016. Hoje atua na editoria de política e economia, com uma enorme paixão pelo jornalismo investigativo.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.